in

Mais de cinco mil já foram vacinados contra gripe, diz Secretaria de Saúde

Com as doses aplicadas na abertura da segunda semana da campanha, Nova Odessa passou das cinco mil pessoas imunizadas

Publicidade
detran-jno

Nova Odessa ultrapassou a marca de cinco mil doses aplicadas na campanha de imunização contra gripe. Nesta segunda-feira (30), a vacinação foi retomada em quatro pontos da cidade, um deles no sistema ‘drive thru’, com mais 1.360 doses disponibilizadas para pessoas acima de 60 anos, profissionais de saúde (grupos prioritários) e agentes de segurança pública, que seriam vacinados na segunda fase da campanha e começaram a receber a dose de forma antecipada, por determinação do governador João Doria.

De acordo com a Secretaria de Saúde do município, aproximadamente 1,2 mil pessoas pertencentes aos três grupos foram vacinadas no Ambulatório de Especialidades Médicas, onde idosos são vacinados sem sair do carro, e nas UBS´s (unidades básicas de saúde) do Centro, do Jardim São Manoel e do Jardim São Francisco.

“Além de idosos e trabalhadores da saúde, imunizamos hoje policiais civis, militares e homens do Corpo de Bombeiros”, afirmou o secretário de Saúde, Vanderlei Cocato. Segundo ele, as doses restantes do terceiro lote enviado na sexta (27) ao município – com 1.360 doses – serão destinadas à imunização de pacientes acamados.

De acordo com o secretário, o município aguarda o envio do quatro lote pelo GVE (Grupo de Vigilância Epidemiológica) Campinas, responsável pelo envio das vacinas para a região, para dar continuidade à imunização de idosos, profissionais da saúde, policiais militares, civis, bombeiros, membros da Polícia Científica e do sistema prisional. A antecipação da vacinação de agentes de segurança foi recomendada pelo Centro de Contingência de Coronavírus, criado pelo governo estadual para traçar estratégias de combate à doença.

Com as doses aplicadas na abertura da segunda semana da campanha, Nova Odessa passou das cinco mil pessoas imunizadas. Na semana passada, quatro mil idosos e profissionais de saúde foram vacinados. O primeiro lote da vacina, com 1,9 mil frascos, acabou em apenas quatro horas, na segunda-feira (23), primeiro dia da campanha. O segundo, com 2,1 mil doses, esgotou na manhã de sexta.

A meta da Secretaria de Saúde é vacinar seis mil idosos nessa etapa. A primeira fase da campanha segue até 15 de abril. A segunda etapa começa no dia 16, com foco nos professores e doentes crônicos. O Dia ‘D’ será em 9 de maio. A partir dessa data, serão vacinadas crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, adultos de 55 a 59 anos, gestantes, mães no pós-parto (até 45 dias após o parto), população indígena e portadores de condições especiais. A campanha termina no dia 22 de maio.

A campanha nacional de vacinação contra gripe foi antecipada de abril para março pelo Ministério da Saúde para auxiliar na triagem de infectados pelo novo coronavírus. Depois da imunização, os profissionais de saúde avaliam que será mais fácil identificar casos do novo coronavírus. A vacina protege contra os vírus Influenza A-H1N1, A-H3N2 e B.