in

Pele lisinha ao alcance de todas

Pernas lisinhas e macias é o sonho de todas as mulheres.

A depilação é o primeiro passo, mas não se esqueça de hidratar muito bem a pele, antes e depois de remover os pelos / GB Imagem

Ah, como é bom a pele lisinha, macia e livre dos pelinhos. Principalmente o rosto fica com visual mais interessante quando se retiram todas as penugens.

O método de retirar os pelos com cera depilatória já não é mais novidade, assim como também o uso da linha, na chamada “depilação egípcia”, usada largamente nos países do Oriente Médio e que já ganhou inúmeros adeptos e adeptas no Brasil.

A vantagem do método da linha é que é totalmente descartável e não precisa ser esterilizada, recomenda-se o uso de gel de calêndula na pele antes da depilação. Geralmente, aparece uma vermelhidão no local que desaparece logo depois. Retirar os pelos com linha tem a vantagem de não usar químicas e retirar os pelos e penugens pela raiz, não só do buço, mas do queixo, maças e laterais do rosto. Também ajuda a definir as sobrancelhas porque limpa o seu contorno e valoriza o olhar.

Nada impede depilar as axilas com a linha, depende da agilidade do profissional.

A cera é amplamente usada nos salões e são muito eficientes. Também existem opções de ceras frias que já vêm prontas para serem aplicadas em casa e dão bons resultados no buço, por exemplo, e nas pernas.

Agora, imbatível mesmo é a lâmina de barbear que pode ser encontrada em versão feminina. A lâmina salva qualquer situação de pelo indesejado na axila ou nas pernas. Passar a lâmina no rosto não é muito recomendável porque a pele é sensível demais.

Se a intenção é depilar axilas, na pele limpa, passe uma boa camada de condicionador de cabelos e, a seguir, passe a lâmina. O ideal é que seja nova. Usar a mesma lâmina que o namorado usou para fazer a barba pode ser um desastre. Cuidado!

Outro aliado bom da lâmina é o creme de barbear. Passe uma camada de creme na perna e a seguir use a lâmina. Evita cortes e ainda dá para saber direitinho qual área ainda precisa ser depilada. O aparelho ideal é aquele que tem mais de três lâminas.

Publicidade
maverick-ar_condicionado

Profissionais de depilação explicam que manchas, pelos encravados e ressecamento da pele podem ocorrer após a depilação, no entanto algumas dicas prometem diminuir tais desconfortos.

Uma delas é tomar banho antes da depilação. O calor ajuda a amaciar a pele e relaxar os folículos dos pelos. Por isso, alguns depiladores elétricos femininos podem ser usados durante o banho.

A esfoliação é outro aliado importante. Além de deixar a pele macia, a esfoliação ajuda a evitar que os pelos encravem e removem as células mortas e assim os pelos nascem mais finos. Lembrando que é bom usar diariamente cremes hidratantes em todo o corpo.

Bem popular é a “Brazzilian Wax”, ou seja, a remoção total, ou parcial, dos pelos das virilhas e das genitais.  O método tem muitas adeptas, quer seja pela sensualidade ou pela higiene, mas é bom lembrar que os pelos pubianos servem como barreiras contra as bactérias e fungos e se a intenção é a remoção total deve-se cuidar para não reutilizar ceras, não sendo recomendado o uso de lâminas. Alguns médicos ginecologistas desaprovam a remoção completa dos pelos da vagina e ânus porque deixa estas áreas sem proteção.

Outro queridinho das mulheres é o depilador elétrico, ele remove os pelos pela raiz e pode ser usados em qualquer área do corpo, sendo que é preciso especial cuidado quando se trata das virilhas, não sendo recomendado para depilar as áreas genitais.

E os cremes depilatórios? Antes de usar, é preciso fazer o teste no antebraço e verificar se não causará alergias.

Regra geral: seja qual for o método de depilação, deve-se evitar a exposição ao sol da área depilada sem o uso de protetor solar. Principalmente quando depilar o buço.