Renan Inquérito leva “Parada Poética” para as escolas de Nova Odessa

A Parada esteve na terça-feira, dia 3, na Etec de Nova Odessa

Sob o grito dos alunos “A Parada não para”, Renan Inquérito promoveu na última semana, em várias escolas de Nova Odessa, uma “Parada Poética”. Em meio ao riso e momentos de descontração, Inquérito utiliza o megafone para falar sobre a realidade do Brasil e temas como preconceito e desigualdade.

Durante o período que permanece na Unidade de Ensino, Inquérito declama poesias, interage com os alunos e os convida para fazerem o mesmo. Segundo Renan, os alunos ficam reticentes no início, mas depois se soltam. “A recepção é sempre muito positiva, às vezes eles (alunos) recebem com um pouco de desconfiança e apreensão, mas logo se soltam, até porque, a poesia não é uma coisa tão popular no dia a dia do brasileiro”, explicou Inquérito.

Ele ainda contou como faz para quebrar o “gelo”. “Eu chego à escola e mostro poesia no classificado do jornal, poesia no para-choque do caminhão, poesia do dia-a-dia, poesia na fila do pão. Eu mostro uma poesia mais próxima do cotidiano deles. Embora ainda haja certo receio, certo preconceito e um certo estereotipo do que é poesia eu logo quebro isso.

Inquérito disse que o objetivo da ação é promover uma poesia mais acessível. “A poesia fica mais na prateleira no que na boca do povo. E aí quando vamos às escolas para apresentar a ‘Parada Poética’, o nosso objetivo é mostrar uma poesia sem pedestal, uma poesia mais próxima deles e sem holofotes”, disse ele.

Renan também falou sobre o impacto da “Parada” na vida dos alunos. “Muitas vezes o impacto nem é visto por mim ali na hora, muitas vezes eu fico sabendo desse efeito quando eu volto na escola um ano depois. E fico sabendo, por exemplo, que a partir da minha visita eles começaram a fazer poesia no intervalo, que criaram um hábito de fazer poesia”, relatou Inquérito.

Toda a ação é uma extensão do que já ocorre todas as segundas-feiras de cada mês na Estação de Nova Odessa. A próxima será amanhã, dia 9, às 19h. Com sete anos de existência, a “Parada Poética” está em sua 74ª edição. Segundo Renan Inquérito, que fez um convite para toda a população, “a entrada é franca, e as ideias também”.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

CONFIRA AS FOTOS:

https://wetransfer.com/downloads/1fbdbdb781d1cd9f2271072121beafa520190906144428/dd2fcf6cf4f935b49d235b735479cb9320190906144428/b5358d