Convicto, Bill refuta denúncia do MP no caso Divair: “não cometi nenhuma irregularidade”

A defesa de Bill também emitiu uma nota informando que o chefe do Executivo “tomou conhecimento da notícia por meio da imprensa e rechaça veementemente as imputações realizadas”

Com uma postagem nas redes sociais, onde garante que não cometeu qualquer irregularidade no caso da internação do pastor Divair Moreira no Hospital São Lucas, isso em 2015, o prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza rechaçou a denúncia apresentada ao Tribunal de Justiça pelo Ministério Público Estadual que pede a devolução do dinheiro – algo que o prefeito já fez em outubro do ano passado – e seu afastamento do cargo. A defesa de Bill também emitiu uma nota informando que o chefe do Executivo “tomou conhecimento da notícia por meio da imprensa e rechaça veementemente as imputações realizadas”.

O advogado que representa o prefeito neste caso reforçou que Bill “desde sempre” esteve disponível para prestar todos os esclarecimentos necessários ao desfecho do caso e que “possui total convicção” de que a denúncia não vai prosperar. “Benjamin Bill, por meio de seus representantes, esclarece que não foi notificado acerca da citada denúncia ofertada pelo Ministério Público Estadual”, traz a nota.

O prefeito também se pronunciou na noite de terça-feira, com uma postagem nas redes sociais. Ali, Bill reforça que tomou conhecimento da denúncia apenas através da imprensa e que respeita o papel dos procuradores, “mas é importante que você e sua família saibam que não houve qualquer prejuízo financeiro para a Administração e isso eu vou provar com toda a tranquilidade”, garante o prefeito. Na mesma postagem, Bill faz questão de deixar claro que sempre trabalhou dentro da lei e que esteve à disposição para prestar todas as informações necessárias. “Reforço que não cometi nenhuma irregularidade e isso será provado mais uma vez”, frisa o prefeito de Nova Odessa.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

REEMBOLSO

Como mostrou o Jornal de Nova Odessa, em outubro de 2018, Bill – comovido com a exposição da família do pastor Divair Moreira – reembolsou a Prefeitura de Nova Odessa em relação ao valor gasto pelo município com a internação no Hospital São Lucas, depois de não conseguir uma vaga junto à Cross (Central de Regulação dos Serviços de Saúde). Divair faleceu em abril de 2015.

Com a devolução do dinheiro – parte à vista -, a defesa de Bill também pediu a suspensão do processo até o pagamento de todas as parcelas e, consequentemente, a ação popular que tramita na Justiça de Nova Odessa. Nesta quarta-feira, Bill postou uma foto no Facebook onde aparece ao lado de Divair, com o seguinte texto: “Divair, se eu tivesse virado as costas pra você, como estaria a minha consciência hoje? Jamais faria isso com você e não farei isso jamais com qualquer cidadão de Nova Odessa. Gratidão é o equilíbrio da vida e Deus vence o mal com o bem, tenham certeza disso!”.