Regionalização: ferramenta para o setor público

O Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo dos Resíduos Sólidos) – entidade da qual ocupo a presidência pelo terceiro mandato consecutivo – tem debatido, há muito tempo e de forma bem ativa, a destinação correta dos resíduos sólidos. Com muita honra também, acabo de ser nomeado embaixador no Brasil da Iniciativa de Prefeitos e Municípios da ISWA (International Solid Waste Association ou Associação Internacional de Resíduos Sólidos, em português).

Este é um assunto cada vez mais em pauta e os municípios precisam se apressar para buscar atender a Política Nacional de Resíduos Sólidos, onde diz que as cidades devem tratar os resíduos que geram para encaminhar apenas o rejeito aos aterros. Esse é o nosso grande desafio!

Somos um dos principais consórcios deste tipo no País e estamos sempre estudando tecnologias, dentro e fora do Brasil, que possam resolver a situação. Falar sobre resíduos urbanos e desenvolver projetos para a sua destinação correta não é algo fácil. A destinação correta é uma questão ambiental, mas também econômica, já que os municípios têm custo alto para cuidar dos seus resíduos.

Portugal, por exemplo, tinha em 1996, mais de 340 lixões espalhados por todo o País. Com a criação de 29 consórcios, isso em 2002, foi disponibilizada uma rede de infraestrutura de resíduos urbanos, que possibilitou o fim dos lixões.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

O Consimares é formado por 7 cidades (Nova Odessa, Capivari, Elias Fausto, Hortolândia, Monte Mor, Santa Bárbara e Sumaré), com uma população aproximada de 850 mil habitantes e uma geração de resíduos que se aproxima de 1000 toneladas/dia. Números que mostram que tratar o assunto de forma isolada não é o melhor caminho.

É preciso cada vez mais regionalizar a questão. Tanto que a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente acaba de criar um grupo de trabalho voltado exclusivamente à regionalização e consórcios para discutir o tratamento de resíduos. E o Consimares, através dos seus projetos, tem recebido atenção especial por parte do governo estadual. Sabemos o que queremos. E o que não queremos é ser induzidos pelo setor privado e discutir a questão individualmente.

BENJAMIM BILL VIEIRA DE SOUZA

Presidente do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo dos Resíduos Sólidos)
Presidente do Consórcio PCJ e Prefeito de Nova Odessa