Novembro roxo – mês dos pequenos guerreiros

No dia 17 de novembro comemora-se o dia mundial da prematuridade e por essa causa o mês de novembro foi batizado como novembro roxo, mês em prol da conscientização e prevenção da prematuridade.  Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria são considerados prematuros todos os bebês que nasceram antes das 37 semanas de gestação e no Brasil eles representam 11,5% dos bebês nascidos vivos.  A prematuridade é um problema de saúde pública visto que as complicações associadas decorrentes dela são as principais causas de morte nos primeiros cinco anos de vida.

Como prevenir a prematuridade?

Fatores relacionados à saúde e hábitos de vida da mãe – como hipertensão, diabetes e/ou diabetes gestacional, ganho de peso gestacional excessivo ou insuficiente, fumo e doenças infecciosas – estão associados ao risco de prematuridade. O acompanhamento pré-natal é imprescindível para combater a prematuridade, assim como uma alimentação saudável e de qualidade na gestação.

Meu filho nasceu prematuro e agora?

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

A criança prematura requer cuidados especiais e muitas vezes necessita de acompanhamento com diversos profissionais como pediatra, fisioterapeuta, oftalmologista, neurologista, fonoaudiólogo, nutricionista, entre outros.

No aspecto nutricional a criança prematura precisa ser acompanhada no seu ganho de peso e de estatura, no processo de amamentação, na introdução alimentar, na prevenção da seletividade alimentar e no cuidado com a qualidade da sua alimentação, pois são crianças pequenas durante a primeira infância e mais propensas ao excesso de peso quando maiores.  A prematuridade em muitos casos pode ser evitada e suas consequências podem ser minimizadas com muito cuidado e amor por esses pequenos guerreiros.

Camila Silva – CRN3 49541