Aproveitando bem a infância

Outubro é considerado o mês das crianças e hoje mais que nunca temos ouvido falar sobre a importância da alimentação na infância. Infelizmente doenças associadas à má alimentação, principalmente o sobrepeso e a obesidade, tem crescido muito entre nossas crianças e adolescentes.

Porém apesar de ser um problema com graves consequência a má nutrição pode ser prevenida!
Hoje já temos bases científicas suficientes para dizer – com toda certeza – que a alimentação na infância influencia (para bem ou para mal) a nossa saúde e nossa relação com a comida pelo resto das nossas vidas.

Já se sabe, por exemplo, que os primeiros anos de vida da criança é uma janela de grandes oportunidades e que a alimentação tem um papel especial nele, pois a nutrição adequada dá suporte para que o corpo realize todas as mudanças e aprendizados dessa fase, e estabelece hábitos e programações no metabolismo que vão permanecer para sempre.

Como pais e cuidadores temos uma oportunidade única durante a infância, de adotar hábitos e atitudes que vão influenciar nossas crianças a terem um desenvolvimento adequado e a se tornarem adultos mais saudáveis e com maior qualidade de vida.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

A infância é a fase ideal para a adoção de hábitos que visem a prevenção da má alimentação, pois o aprendizado nesse período pode permanecer durante toda a vida e uma vez que os hábitos de vida ainda não estão totalmente construídos, as crianças são mais muito suscetíveis à mudanças do que os adultos

Se você tem dúvidas e dificuldades para sobre hábitos saudáveis para sua família aqui em Nova Odessa e na região tem crescido o número de grupos de apoio (muitas vezes gratuito) conduzidos por profissionais da saúde, para pais que querem ter mais informações e trocar experiências sobre dificuldades no cuidado com seus filhos em todos os aspectos. Se informe e participe investir na infância é investir na vida inteira do seu filho!

Camila Silva, Nutricionista materno-infantil formada pela USP e especializado em Saúde da
Criança e do Adolescente pela UNIFESP