Voluntárias do projeto “As Costureiras Bonecas de Pano” confeccionam bonecas para crianças

Todo material para confecção das bonecas são de doações das confecções e lojas de tecido

A iniciativa surgiu do sonho da assistente social Devanir Brazilino, e foi colocado em prática após o incentivo da assessora de Assuntos Metropolitanos da Prefeitura de Nova Odessa, Miriam Carceliano. Juntas, elas desenvolveram o projeto “As Costureiras Bonecas de Pano”, que leva bonecas para crianças carentes de Nova Odessa e do Brasil.

O projeto iniciou com um grupo de 20 costureiras e com a confecção de 70 bonecas, que foram entregues à crianças de Nova Odessa. Já em novembro de 2018, lançamento oficial, o projeto tomou outra proporção, além do desfile realizado pelas costureiras, também foram entregues bonecas para as crianças do município em ocasião do Natal.

Em janeiro de 2019, a Instituição David Livingstone que atua na África através de voluntários brasileiros entrou em contato com as idealizadoras propondo uma parceria em que foi solicitada a confecção de bonecas para serem encaminhadas em outubro deste ano para a África.

As crianças que serão privilegiadas pelo projeto “As Costureiras Bonecas de Pano”, atualmente, brincam com bonecas de pauzinhos achados no chão. A denominação David Livingstone é em homenagem ao primeiro missionário estrangeiro em solo Moçambicano que tem uma bonita trajetória de amor pela África.

São cerca de 500 crianças assistidas pela Instituição que através de ofertas brasileiras mantém a alimentação e educação das crianças na cidade de Beira, a segunda maior do País Moçambique, região que ficou no olho do ciclone Idai.

Hoje, o projeto conta com mais de 100 costureiras voluntárias. Segundo Devanir Brazilino, todo o trabalho desenvolvido por elas é feito sem fins lucrativos. “As bonecas são confeccionadas com amor e doadas por amor. Já tivemos propostas de compras das bonecas, mas este não é nosso intuito”, explicou a idealizadora.

Ela ainda contou que todo o material é proveniente de doações. “Recebemos muitas doações de materiais. As empresas tem nos procurado para doar retalhos, linhas, enchimentos entre outros acessórios. Essas doações são essenciais para que o projeto seja mantido”, explicou.

Além de trazer alegria para tantas crianças, o projeto também ajuda quem confecciona as bonecas. “Temos mulheres que enfrentam depressão, câncer entre outros problemas de saúde, e elas sempre nos relatam que o projeto mudou suas vidas também, isso é gratificante para nós”, disse Miriam Carceliano.

Ela ainda contou que, para 2019, a meta é confeccionar 1000 bonecas. “Uma parte será encaminhada para a África e outra parte será entregue em Nova Odessa e região”, contou Carceliano.

Para saber mais sobre o projeto: https://www.facebook.com/Projeto-As-costureiras-Bonecas-de-Pano-268914317349492/ ou através dos telefones : (19) 99493-5628 (Devanir), (19) 99633-7413 (Miriam).

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras