in

Vereador intermedia encontro de vigias autônomos com presidente da Alesp

A audiência ocorreu dia 28 de junho, em São Paulo

O vereador Avelino Xavier Alves, o Poneis (PSDB), conseguiu para o final da tarde da última quinta-feira, dia 28, uma audiência com o presidente da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), o deputado estadual Cauê Macris, para pedir a interferência dele em relação à ausência de regulamentação para o trabalho de vigia ou vigilante autônomo.

Sobre o encontro, Pôneis contou da luta para regulamentar o trabalho destes profissionais. “Já recebi um grupo de vigias e vigilantes autônomos na Câmara, propus um debate que já aconteceu, fiz uma moção de apelo ao Senado para que aprovem o Projeto de Lei n. 12/2015, que regulamenta a profissão de vigia autônomo em nível federal e, agora, intermediei este encontro com o presidente Cauê. É importante que a categoria seja regulamentada para que eles possam trabalhar de acordo com a lei, sem ter motivos para ter desentendimentos com ninguém”, explicou Poneis.

Publicidade
dom-bosco-jno

A conversa entre o vereador e representantes da categoria teve início no final de abril, quando Poneis, procurado pelo diretor do Procon, José Pereira, recebeu na Câmara um grupo de vigias autônomos que, indignados com algumas dificuldades por eles enfrentadas para a prestação de serviço na cidade. Na ocasião, o primeiro item da pauta estava a ausência de regulamentação, que é o principal entrave e gera transtornos aos vigias e aos próprios moradores.

PROJETO

Após o encontro, Pôneis, juntamente com o presidente da (AVANOR) Associação dos Vigias Autônomos de Nova Odessa e Região, Manuel Silva, protocolou na Câmara Municipal de Nova Odessa  o Projeto de Lei que regulamenta a profissão.