Suposto alojamento de adolescentes preocupa vereadores

Jovens estariam ocupando casa e utilizando espaços públicos para treinamento esportivo

suposto-alojamento-de-adolescentes-preocupa-vereadores-jno
Publicidade
detran-jno

Os vereadores Levi Tosta e Sílvio Natal assinaram requerimento protocolado essa semana na Câmara de Nova Odessa em que questionam a prefeitura sobre a fiscalização de um suposto alojamento de adolescentes instalado no bairro Santa Luiza.

De acordo com o texto do requerimento, os vereadores receberam denúncias de moradores sobre uma casa que estaria sendo usada por pessoas ligadas à Secretaria de Esportes do município para a preparação de adolescentes para jogos de futebol.

Também de acordo com o requerimento, a denúncia é de que a casa estaria sob os cuidados do NOAC (Nova Odessa Atlético Clube).

Considerando que são adolescentes e que estariam sem o acompanhamentos dos pais, os vereadores questionam se a prefeitura realmente tem conhecimento da existência dessa casa ou desse alojamento, quem são os responsáveis, se essas pessoas têm formação técnica para treinamento e cuidado em tempo integral desses adolescentes.

Também perguntam se a Secretaria de Esportes tem conhecimento desse alojamento, já que os adolescentes estariam treinando no Campo do Progresso e utilizando os uniformes esportivos do município.

Sobre os uniformes, os vereadores perguntam se foram doados para a associação esportiva.

Por conta do uso do espaço público e dos uniformes oficiais, os parlamentares perguntam se existe algum convênio formalizado entre a Prefeitura e o NOAC para esse tipo de atendimento e alojamento de adolescentes e qual foi a modalidade adotada para “contratar” essa associação esportiva em detrimento das demais associações do município.

Os parlamentares ainda perguntam se o Conselho Tutelar e a Vigilância Sanitária realizaram vistorias no local e se têm algum controle sobre o número de estabelecimentos desse tipo instalados no município.

Ainda perguntam sobre AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) dos referidos imóveis, se há algum tipo de cobrança pelo alojamento, qual a faixa etária dos atletas, quantos atletas do clube são moradores do município e quem compõe a direção do NOAC.

O requerimento está na pauta da sessão da próxima quarta-feira.