Secretaria de Saúde de Nova Odessa abre ‘Novembro Azul’ com check-up para os homens

No exame de sangue, são analisados indicadores importantes de saúde, como glicemia, colesterol, ureia, creatinina, sódio, potássio, TGO, TSH e T4 livre

A Secretaria de Saúde de Nova Odessa deu início no dia (1º) as ações especiais voltadas aos homens dentro do “Novembro Azul”, mês inteiramente dedicado à prevenção do câncer de próstata. Até o dia 30, os pacientes podem realizar um check-up completo – que inclui o PSA (Antígeno Prostático Específico) – em três unidades básicas de saúde, entre 7h e 12h: Centro, que também atende moradores do São Jorge, do São Francisco e da região do Pós-Anhanguera; do Jardim Marajoara; e do Jardim Alvorada, que, além dos usuários daquela região, compreende as pacientes da UBS 3 (Jardim São Manoel). No exame de sangue, são analisados indicadores importantes de saúde, como glicemia, colesterol, ureia, creatinina, sódio, potássio, TGO, TSH e T4 livre.

As ações do ‘Novembro Azul’ incluem ainda palestras no auditório da Prefeitura, na Garagem Municipal, na Coden (Companhia de Desenvolvimento) e também em empresas da cidade. As palestras serão proferidas pelo médico urologista José Lourenço Jorge Alvarenga e pelo enfermeiro André Barros e acompanhadas pelo secretário de Saúde, Vanderlei Cocato. Vários setores da Prefeitura foram decorados com a cor da campanha para aumentar a conscientização. “É importante que os homens procurem as unidades de saúde para fazer o check-up. Assim que os resultados ficarem prontos, nós entraremos em contato com todos eles pedindo que eles tragam os exames no mutirão de consultas com urologistas que nós vamos programar para acontecer neste mês no Ambulatório de Especialidades Médicas”, disse Cocato.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

O urologista José Lourenço Jorge Alvarenga explicou que o câncer de próstata é assintomático na sua fase inicial, ou seja, a pessoa pode estar com a doença em evolução sem saber. “Por isso, os exames são fundamentais para o diagnóstico e o tratamento precoces, que aumentam a chance de cura. Cerca de 20% dos casos de câncer de próstata não são detectados através do PSA, mas apenas no exame de toque. Por isso é importante que o homem realize os dois exames”, enfatizou Lourenço. No ano passado, o mutirão de consultas com urologistas atendeu cerca de 400 homens. “Infelizmente ainda há muito preconceito em relação aos exames de prevenção ao câncer de próstata. Este é o segundo câncer que mais mata e a conscientização e prevenção são o melhor remédio. Convidamos os homens a participarem do mutirão. É uma ação importantíssima e que pode, literalmente, salvar vidas”, completou o médico.

CÂNCER

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, que produz e armazena parte do fluido seminal. Câncer de próstata é o tumor mais comum em homens acima de 50 anos. Os fatores de risco incluem idade avançada (acima de 50 anos), histórico familiar da doença, fatores hormonais e ambientais e certos hábitos alimentares (dieta rica em gorduras e pobre em verduras, vegetais e frutas), sedentarismo e excesso de peso.

A maioria dos cânceres de próstata cresce lentamente e não causa sintomas. Tumores em estágio mais avançado podem ocasionar dificuldade para urinar, sensação de não conseguir esvaziar completamente a bexiga e hematúria (presença de sangue na urina). Dor óssea, principalmente na região das costas, devido à presença de metástases, é sinal de que a doença evoluiu para um grau de maior gravidade.