in

Região vai receber R$ 3,1 milhões para enfrentamento da Covid-19

Recurso foi liberado pelo Ministério da Saúde e deve ser aplicado pelos municípios em ações de cuidado e saúde de pessoas idosas, crianças e gestantes

regiao-vai-receber-r-31-milhoes-para-enfrentamento-da-covid-19-jno
Publicidade
detran-jno

Os municípios da região vão receber, juntos, pouco mais de R$ 3,1 milhões para auxiliar na manutenção e no funcionamento de serviços da Atenção Primária à Saúde de enfrentamento da Covid-19. Os recursos, em caráter excepcional, constam em portaria publicada na última quarta-feira e serão repassados pelo Ministério da Saúde em parcela única e sem a necessidade de solicitação de adesão por parte dos municípios, que deverão aplicá-los em ações de cuidado e saúde de pessoas idosas, crianças e gestantes.

De acordo com a portaria, Sumaré receberá a maior fatia (R$ 895.706) e Nova Odessa, a menor (R$ 171.186). Já os demais municípios da região receberão do Ministério da Saúde os seguintes valores: Americana (R$ 637.288); Hortolândia (R$ 623.261) e Santa Bárbara d’Oeste (R$ 623.261). A liberação dos recursos foi uma solicitação da CNM (Confederação Nacional dos Municípios). O dinheiro também poderá ser utilizado para ofertar Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para os profissionais de saúde e realizar treinamento para o uso e medidas de segurança, com o requisito da paramentação para atendimentos presenciais e em visitas domiciliares.

“A procura pelos serviços da rede de atenção primária à saúde cresceram em decorrência da pandemia, além da demanda espontânea que se mantém mesmo diante da crise sanitária vivida no Brasil. E a Atenção Primária é a principal porta de entrada da Rede do Sistema Único de Saúde (SUS)”, explicou a entidade.

VEJA QUANTO CADA MUNICÍPIO VAI RECEBER:

MUNICÍPIO                                       VALOR

Sumaré                                            R$ 895,7 mil

Hortolândia                                       R$ 813,1 mil

Americana                                         R$ 637,2 mil

Santa Bárbara                                   R$ 623,2 mil

Nova Odessa                                    R$ 171,1 mil

Fonte: Ministério da Saúde

 

BOLETIM DIÁRIO

A Vigilância Epidemiológica de Nova Odessa registrou em seu boletim de sexta-feira (14/05) mais 19 casos positivos de Covid-19 em moradores da cidade, mas nenhum novo óbito. Considerando os dados das últimas 24 horas, a cidade passou a contar, desde o início da pandemia, com 3.782 casos confirmados do novo coronavírus. Do total de contaminados até agora, 3.288 são considerados curados (86,9%). Já o total de óbitos (154) se mantém o mesmo desde a última terça-feira.

Ainda se encontram em investigação, aguardando o resultado de exames, 7 óbitos classificados como “suspeitos”. Também estão sob avaliação 497 casos de pacientes que apresentaram sintomas respiratórios, número que sofreu uma leve queda nas últimas 24 horas, quando somava 500 suspeitas.

Permanecem internados com sintomas respiratórios ou SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) 44 pacientes, número que se mantém estável nas últimas 48 horas. Dos internados, 12 estão na UR (Unidade Respiratória do Jardim Alvorada), três na nova ala respiratória do Hospital e Maternidade Municipal e 29 em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) de hospitais de outras cidades da região e do Estado.

Apesar de a imunização contra a Covid-19 já ter alcançado 15,8% da população de Nova Odessa com a primeira dose (9.653 pessoas vacinadas) e 8,1% com a segunda dose (4.944 pessoas vacinadas), a Secretaria da Saúde orienta sobre a necessidade de se continuar mantendo os cuidados para combater a disseminação do novo coronavírus enquanto durar a pandemia, principalmente o uso constante de máscaras, a higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel a 70% e o isolamento social, evitando-se aglomerações.