in

Programa de ensino remoto criado pela Secretaria de Educação de Nova Odessa é destaque em revista nacional

A edição número um da publicação digital tem como tema os desafios da educação básica na pandemia

programa-de-ensino-remoto-criado-pela-secretaria-de-educacao-de-nova-odessa-e-destaque-em-revista-nacional-jno
Publicidade
detran-jno

O ensino remoto oferecido pela Secretaria de Educação de Nova Odessa, por meio do programa ‘Aprender em Casa’, ganhou destaque na primeira edição da ‘Revista Educação Básica em Foco’, lançada na última sexta-feira (19) pela Anpae (Associação Nacional de Política e Administração da Educação). A iniciativa chamou a atenção das pesquisadoras por garantir ensino gratuito de qualidade aos mais de cinco mil alunos da rede municipal, em meio à crise sanitária causada pela pandemia do novo coronavírus.

A edição número um da publicação digital tem como tema os desafios da educação básica na pandemia. Ela é composta por depoimentos de estudantes dos ensinos fundamental e médio, professores e dirigentes de escolas municipais e estaduais, avaliações de gestores de secretarias de educação e análises de especialistas e docentes de ensino superior. São vídeos, áudios e textos com relatos de experiências de educação a distância em escolas públicas espalhadas por municípios em 14 estados brasileiros, além do Distrito Federal.

O trabalho de pesquisa e organização do espaço virtual foi realizado pelas pesquisadoras Emília Peixoto Vieira, da Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz), na Bahia; Maria Angélica Pedra Minhoto, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo); e Maria Vieira Silva, da UFU (Universidade Federal de Uberlândia), em Minas Gerais.

Em um áudio de quatro minutos e 13 segundos, a secretária de Educação Claudicir Brazilino Picolo relata como a Administração Municipal se organizou para manter os alunos da rede municipal estudando durante a pandemia. O programa ‘Aprender em Casa’ foi lançado em março, logo após o fechamento das escolas. Por meio de apostilas – cujas atividades são realizadas e devolvidas para correção no sistema drive thru – e um site hospedado na página da Prefeitura (www.novaodessa,sp.gov.br), 98% dos estudantes, da creche à EJA (Educação de Jovens e Adultos), têm mantido o aprendizado em dia.

“Para nós, é um grande privilégio ter nosso programa de ensino remoto reconhecido pela Anpae, uma entidade que está há quase seis décadas defendendo e trabalhando pela educação pública de qualidade no país. Isso mostra que o governo do prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza acertou mais uma vez e ratifica o trabalho de excelência realizado na educação do município desde 2013”, avaliou a secretária Claudicir Brazilino Picolo, ressaltando que a iniciativa foi desenvolvida sem nenhum custo para a administração, somente com empenho e criatividade dos servidores. Em março, o ‘Aprender em Casa’ foi citado em matéria publicada nos portais ‘G1’ e ‘Globo.com’.

Uma das editoras da revista, a pesquisadora Maria Angélica Pedra Minhoto elogiou a forma como o município está lidando com a pandemia, principalmente na educação infantil que, segundo ela, é um grande desafio. “Tomamos conhecimento do programa por meio de um dos diretores da associação e resolvemos dar destaque para esse excelente trabalho que vem sendo realizado pela Secretaria de Educação de Nova Odessa”, afirmou Maria Angélica.

De acordo com Romualdo Portela, presidente da Associação Nacional de Políticas e Administração da Educação, a revista tem formato inovador, com suporte a vários tipos de mídia, para permitir o debate democrático sobre a educação básica no país. “A ideia é que ela seja um espaço de interação entre a pesquisa e os problemas práticos que os gestores das escolas e das redes estaduais e municipais de ensino enfrentam”, resumiu Portela.

Para acessar a revista, basta entrar no site https://educacaobasicaemfoco.net.br e navegar pelo conteúdo. O espaço também traz links de instituições, documentos, pareceres e legislações sobre a educação em tempos de Covid-19. A publicação é trimestral.