in

Primeira-dama apresenta projeto para escolas estaduais

Ela quer oferecer apoio, através de diversas ações, aos adolescentes e jovens novaodessenses matriculados nas escolas estaduais do município

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Nova Odessa, Andréa Souza, reuniu diversos parceiros, órgãos públicos, secretarias municiais e voluntários para a realização de um projeto inédito.

Ela quer oferecer apoio, através de diversas ações, aos adolescentes e jovens novaodessenses matriculados nas escolas estaduais do município. Para isso, Andréa reuniu um time de aproximadamente 50 pessoas e apresentou oficialmente o projeto “Fênix, Transformando Vidas”, esta semana, no auditório da Prefeitura.

O projeto consiste em oferecer diversas atividades de esportes, artes, lazer, cultura e saúde mental como ferramentas de prevenção e reabilitação a problemas como depressão, medos, traumas e uso de drogas lícitas e ilícitas. “Estamos em fase final de implementação com o aval da Diretoria de Ensino, Região de Americana, para poder entrar na escola e atuar em parceria com os educadores. Nosso objetivo é estender a mãos”, destacou a primeira-dama.

O evento contou com a representação de diretores e vices das escolas estaduais João Thienne, Dorti Zabelo Calil, Alexandre Bassora, Joaquim Rodrigues Azenha e Silvânia Aparecida Santos. A Diretoria de Ensino foi representada pela supervisora, Silvia Gimenes. “Estou encantada com a proposta de vocês. Espero não somente que dê resultados, mas que sirva de modelo para outras cidades”, ressaltou.

Publicidade

Secretária de Educação, Claudicir Brazilino Picolo, lembrou que todos são responsáveis pela nova geração. “Se eles estão falhando, é porque nós também estamos. Então, vamos fazer a nossa parte”. O secretário de Esportes, Lazer, Cultura e Turismo, Levi Tosta, compareceu com toda equipe de professores do setor para “somar”. “Estamos aqui para o que der e vier”, disse ele. Os educadores físicos da pasta irão participar do calendário dos jogos escolares estaduais dentro de Nova Odessa, um sonho antigo deles. “Há tempos que sonhamos em atingir essa camada de alunos”, completou Levi.

Pela Saúde, o secretário Vanderlei Cocato colocou toda equipe à disposição. “Apoiamos o projeto, acreditamos nele e estamos junto com a Andréa”. Os guardas municipais Charleni de Fáveri (psicóloga) e Rodrigo Cabeça (professor de jiu jitsu) também colocaram suas habilidades pessoais à serviço do projeto. Os alunos do Instituto de Psicanálise Roseli de Morais também se prontificaram e vão iniciar sessões de terapias nas escolas.

Também apoiam o projeto o adjunto de Governo, Achille Nicola Fosco; a diretora de Promoção Social, Patrícia Pereira; a diretora do Clube da Melhor Idade, Cristiane Mareschi, o assessor Pedro Daniel; a assessora Adriana Souza; o instrutor de música, José Justino; o professor Tarô Nisibara; a artesã Silmara Godói; o pastor Edival Roberto Faria e diversos outros voluntários