in

Prefeitura de Nova Odessa e Coden entregam 3ª fase da ETE Quilombo

A ampliação permitirá tratar mais 46 litros de esgoto por segundo

A Prefeitura de Nova Odessa e a Coden (Companhia de Desenvolvimento) entregaram nesta quarta-feira, dia 4, a 3ª fase da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Quilombo. Foram investidos R$ 6,8 milhões na construção de mais um tanque e um reator anaeróbio/aeróbio, o quarto módulo do sistema U-Box utilizado na estação. A ampliação permitirá tratar mais 46 litros de esgoto por segundo, garantindo a disponibilidade do serviço a mais 20 mil futuros moradores. Nova Odessa já trata, desde 2015, 100% do esgoto coletado no município.

A Coden, responsável pelo saneamento, aplicou o recurso de R$ 5,997 milhões, obtido a fundo perdido da Cobrança PCJ Paulista do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos), do Governo do Estado, além de uma contrapartida de R$ 835 mil. O prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza, que preside o Consórcio das Bacias dos Rios PCJ (Piracicaba, Capivari e Jundiaí), além do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos) e Conselho de Desenvolvimento da RMC (Região Metropolitana de Campinas), destacou a importância da obra. “O nosso investimento é pensando no futuro de Nova Odessa, para que ela possa se desenvolver cada dia mais, mas com responsabilidade. Hoje, já tratamos o esgoto dos nossos mais de 56 mil moradores e com essa ampliação, estamos preparando o município para o crescimento populacional dos próximos anos. Isso é investir com responsabilidade”, comentou o chefe do Poder Executivo.

“Esta obra é benéfica para todos, população e meio ambiente. Inclusive, já estamos disponibilizando água de reuso para o parque industrial. Isso faz com que empresas deixem de captar água em poços artesianos ou até mesmo no lençol”, comentou o diretor-presidente da Coden, Ricardo Ongaro.

A capacidade de tratamento da ETE Quilombo também foi destacada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Cauê Macris, que esteve presente na cerimônia de inauguração. “A ampliação desta estação de tratamento de esgoto demonstra a preocupação de Nova Odessa e do prefeito Bill com a questão do saneamento básico. Conheço praticamente todos os municípios do Estado de São Paulo e posso dizer que esta ETE serve como modelo”, afirmou Cauê.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

Já o secretário-adjunto de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo, Rubens de Macedo Soares, enfatizou os reflexos positivos da ampliação em outras áreas. “É importante que todos que hoje estão aqui presentes saibam que, a cada R$ 1 investido em saneamento básico, a rede pública de saúde economiza R$ 4. É por isso que estou muito honrado em poder participar desta entrega”, disse Soares.

Além de Bill, Ongaro, Soares e Cauê Macris, compuseram a frente de honra na cerimônia de entrega da 3ª fase da ETE Quilombo: Andréa Souza, primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade; Carla Lucena, presidente da Câmara; os vereadores Avelino Xavier Alves, o Poneis; Vagner Barilon e Sebastião Gomes dos Santos, o Tiãozinho; Luigi Longo, assessor de Convênios e Consórcios da Secretaria Estadual de Meio Ambiente; Eliezer Razera, diretor-presidente da Agência das Bacias PCJ; Dalton Brochi , diretor-geral da Ares-PCJ; Jussara Cordeiro, diretora do Consórcio PCJ (representante do secretário executivo); Fábio Nóbrega, gerente de governo do Banco do Brasil (instituição financeira parceira da obra); José Edgard Camolezi, diretor-presidente da Acquadom Engenharia e Construções (responsável pela construção do novo tanque) e Renata Burin, gerente da Caixa Econômica Federal.

O SISTEMA

A ETE Quilombo é uma das maiores obras públicas do Brasil a adotar a tecnologia U-Box, considerada a melhor disponível para países tropicais. Esta tecnologia não demanda a construção de lagoas à céu aberto, pois dois tipos de reatores são instalados no mesmo tanque de concreto armado, “empilhados”, o que economiza espaço físico e reduz custos operacionais. Totalmente automatizado e com baixo impacto ambiental, o sistema U-Box praticamente não gera odores, pois conta com queimador de gás, consome pouca energia, não gera ruídos e pode ser operado por uma equipe reduzida. “Depois que garantimos a totalidade do tratamento do esgoto coletado no município, agora o investimento foi para permitir que o serviço acompanhe o crescimento populacional”, ressaltou Bill.