in

Prefeito eleito, Leitinho falou sobre os planos para o primeiro mandato

boca-de-urna-jno
Publicidade
detran-jno

Eleito com 39,68% dos votos válidos, Cláudio José Schooder, o Leitinho (PSD), em entrevista ao Jornal de Nova Odessa, falou sobre as prioridades do seu governo e os planos para o primeiro mandato como prefeito.

boca-de-urna-jno

JNO – O que você espera na transição entre o seu governo e do prefeito Bill?

Leitinho. Todos querem o melhor para o povo Nova Odessa. Acredito que haverá uma transição tranquila porque o povo decidiu soberanamente nas urnas e a vontade popular deve ser respeitada. Trabalharei para que a minha equipe possa atuar em nosso programa de governo desde o primeiro dia do meu mandato, sem interromper ações de grande interesse da população.

JNO – Qual área terá prioridade em seu governo?

Leitinho. Não dá para escolher uma área. Os problemas são vários e temos que estar preparados para agir simultaneamente. Mas posso afirmar que a saúde, a educação e a justiça social estão entre nossas principais preocupações.

JNO – Na sua opinião, qual é o maior problema que NO enfrenta?

Leitinho. Eu citaria dois problemas: a falta de uma UTI e a falta d’água. Nova Odessa não pode mais depender de municípios vizinhos quando os pacientes graves precisam de leitos de UTI. Agora, com a pandemia da Covid-19, a cidade ficou ainda mais exposta ao risco. Nós vamos mudar essa situação. Instalar uma UTI em nosso hospital será uma prioridade do meu mandato. Vamos colocar a saúde de Nova Odessa nos eixos.

Outro problema grave é a falta d’água que deverá ocorrer quando os novos empreendimentos imobiliários que foram autorizados pela prefeitura ficarem prontos. São muitos empreendimentos para uma cidade do porte de Nova Odessa. Pessoas de fora virão morar aqui e a nossa capacidade de captação de água não será suficiente para suprir esse aumento de consumo. Nós vamos viabilizar a construção de uma nova represa e desassorear as existentes. A população pode ficar tranquila que eu não medirei esforços para evitar a falta d’água.

JNO – Como pretende compor sua equipe de governo?

Leitinho. Minha equipe será composta de profissionais experientes em suas áreas de atuação, capacitados para fazer as melhorias que Nova Odessa precisa e que estão em meu programa de governo. Vamos diminuir os comissionados e valorizar os funcionários concursados. Será uma equipe enxuta e eficiente.

JNO – O senhor pretende manter alguém da equipe do atual prefeito?

Minha equipe será formada por pessoas inteiramente compromissadas com o meu programa de governo. E a grande marca do meu governo será atender os interesses de toda a população.

JNO – De que forma o senhor vai atuar contra a pandemia?

Leitinho. Trabalharemos para que as medidas sanitárias apropriadas sejam tomadas em todos os setores, garantiremos os protocolos de atendimento nos serviços de saúde e, acima de tudo, vamos nos empenhar para gerar emprego e renda. Sabemos que as famílias foram muito afetadas com o desemprego durante a pandemia. Por isso, daremos incentivos para atrair novas empresas e criaremos medidas para a superação das desigualdades, como, por exemplo, a criação de oficinas para mulheres voltadas à confecção de uniformes escolares, fralda para adultos acamados e para integrar os Kits a serem entregues às mães na alta hospitalar do pós-parto.

Também queremos incentivar a criação de cooperativas de serviços e oferecer treinamento para que elas se qualifiquem à prestação de serviços ao município. Outras medidas serão a ampliação da política de microcrédito para pequenos empreendedores; a organização do comércio informal de ambulantes; a ampliação de cursos de capacitação profissional aos jovens e trabalhadores e o fortalecimento das atividades produtivas no meio rural.

JNO – O senhor reafirma suas propostas de campanha?

Leitinho. Fui eleito vereador para quatro mandatos consecutivos e agora sou o prefeito eleito de Nova Odessa porque conquistei a confiança da população. Sempre honrei meus compromissos e por isso cheguei até aqui. As minhas propostas de campanhas serão sim concretizadas e a população terá a porta aberta para opinar sobre as prioridades orçamentárias. Será um governo participativo.

JNO – O que o senhor espera do relacionamento “Legislativo × Executivo”?

Leitinho. Espero manter um relacionamento pacífico, que favoreça a população de Nova Odessa. Mas também estarei preparado para enfrentar possíveis resistências. Sei que governar para o povo é um grande desafio, mas foi para isso que me candidatei e lutarei com todas as minhas forças.

JNO – O senhor quer fazer agradecimentos?

Leitinho. Primeiro, quero agradecer a Deus. Depois, agradeço cada eleitor que votou em mim. Sou uma pessoa simples e humilde, que passou muitas dificuldades na vida. Fui engraxate, vendedor de sorvete, olhador de carro, morei em orfanato. E estou muito emocionado de saber que hoje sou prefeito de Nova Odessa. Quero cuidar bem das pessoas, tratar a população de Nova Odessa como ela merece e colocar a cidade nos trilhos do desenvolvimento com justiça social.