Prefeito Bill discute, junto com Cauê Macris, liberação para obras em dispositivo na Rodovia Anhangü

O deputado estadual Cauê Macris (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, também participou do encontro na capital paulista

O prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza se reuniu em São Paulo, com o diretor-geral da Artesp (Agência de Transportes do Estado), Giovanni Pengue Filho, para apresentar estudo técnico e solicitar a liberação para realização de obras de alargamento no dispositivo localizado no quilômetro 119+500 da Rodovia Anhanguera, em Nova Odessa. O deputado estadual Cauê Macris (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, também participou do encontro na capital paulista.

Com a obra, o objetivo é aumentar a capacidade de tráfego de veículos, principalmente de grande porte, como caminhões e carretas. O projeto foi doado ao município pelo grupo empresarial São Lourenço e o prefeito busca maneiras de viabilizá-lo. “Demos um importante passo com essa reunião, onde pude mostrar e explicar detalhadamente ao Giovanni os problemas que os motoristas encontram, tanto aqueles vão retornar à Rodovia Anhanguera, como aqueles que vão acessar a Rodovia Arnaldo Julio Mauerberg”, disse o prefeito Bill. “Quero agradecer ao deputado Cauê Macris, que gentilmente me acompanhou nesta reunião, mostrando o quanto se preocupa e tem interesse pelos assuntos que envolvem Nova Odessa”, completou Bill.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

De acordo com o projeto técnico-executivo entregue à prefeitura e repassado à Artesp nesta sexta-feira, o atual sistema não é o mais adequado, pois a formação de filas na espera pode bloquear as demais aproximações “adjacentes”, causando o travamento do dispositivo. Além disso, traz o estudo, o aumento da capacidade com a criação de mais faixas para a acomodação de filas é muito mais oneroso. “Por esses motivos, é recomendado que dispositivos envolvendo rotatórias operem com sinalização de ‘dê a preferência’ nas aproximações, deixando livre o fluxo que gira na rotatória”, traz o projeto.