in

Prefeito Bill assina convênio com a CDHU para construção de 100 unidades habitacionais em Nova Odessa

As unidades serão construídas em uma área localizada na Rua dos Jacarandás, no Jardim das Palmeiras, ao lado da escola do Sesi (Serviço Social da Indústria)

prefeito-bill-assina-convenio-com-a-cdhu-para-construcao-de-100-unidades-habitacionais-em-nova-odessa-jno
Publicidade
detran-jno

O prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza assinou, na manhã desta quinta-feira (13), convênio com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), em São Paulo, para a construção de 100 unidades habitacional em Nova Odessa, por meio do programa “Nossa Casa CDHU”.

As unidades serão construídas em uma área localizada na Rua dos Jacarandás, no Jardim das Palmeiras, ao lado da escola do Sesi (Serviço Social da Indústria). As novas moradias foram intermediadas pelo deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Cauê Macris (PSDB), que foi representado no ato por seu chefe de Gabinete, Roger Willians.

A área onde as unidades habitacionais serão construídas tem pouco mais de 12,5 mil metros quadrados. O próximo passo da Prefeitura, após a assinatura do convênio, é encaminhar à Câmara de Vereadores um projeto de lei para doação do terreno à companhia estadual e também promovendo a alteração de alguns parâmetros urbanísticos. “Estamos realizando sonhos, tirando mais 100 famílias do aluguel e garantindo um espaço para que elas possam chamar de ‘meu’. Com o dinheiro do aluguel, essas famílias podem investir em outras coisas, melhorando a sua qualidade de vida”, afirmou o prefeito Bill, que esteve acompanhado do secretário-adjunto de Governo, Arthur Trevisoni.

O PROGRAMA. O programa “Nossa Casa CDHU” oferece habitações a preços sociais, ou seja, com valores reduzidos em relação ao mercado, além de dar subsídios que podem chegar a R$ 40 mil para famílias com renda de até três salários mínimos (R$ 2.994,00). Famílias com renda entre três e cinco salários (R$ 5.817,75) também poderão adquirir seus imóveis com subsídios no valor de R$10 mil. Os municípios entram na parceria disponibilizando os terrenos, as incorporadoras com a construção dos conjuntos e o Estado com os subsídios. Também compete ao município indicar a demanda pública prioritária e promover o procedimento licitatório para contratação da empresa que ficará responsável pela construção das unidades habitacionais.

HABITAÇÃO. Bill fez questão de ressaltar que, entre 2013 e 2020, a Administração entregou ou viabilizou mais de 1.200 moradias para famílias de baixa renda, com destaque para o Residencial das Árvores, o maior conjunto habitacional da história de Nova Odessa, com 270 apartamentos. “É acordando cedo e dormindo tarde que a gente conseguiu transformar Nova Odessa em uma nova cidade”, frisou o prefeito