Pedreiro é preso após estuprar criança de 3 anos

Vítima é neta da esposa do acusado; tio da criança presenciou o crime, que aconteceu na manhã de domingo, no Parque Fabrício.

pedreiro-e-preso-apos-estuprar-crianca-de-3-anos-jno

Um pedreiro de 50 anos foi preso neste domingo por estupro contra uma criança de apenas 3 anos, no Parque Fabrício, em Nova Odessa. A menina é neta de sua esposa, segundo a polícia. Consta no boletim de ocorrência registrado no Plantão Policial que o tio da vítima acordou por volta de 6h para prender o cachorro e ao passar pelo quarto da criança, que dorme no mesmo cômodo do abusador e da avó, viu o homem parado em frente ao sofá onde a menina dormia.

Ele estava com a bermuda abaixada fazendo movimentos com o corpo. A menor também estava com a calcinha suspensa. Sem se dar conta do que acontecia, ele foi ao quintal e ao retornar, viu o pedreiro deitado na cama e a criança coberta. Foi então que ele percebeu que momentos antes havia ocorrido o abuso.

Posteriormente, ele informou aos familiares o ocorrido. Eles tiraram o cobertor da criança e viram que ela estava com a calcinha nas coxas. Diante da situação, o homem ficou preso em flagrante por estupro de vulnerável e foi encaminhado para a penitenciária de Sorocaba.

ROTINA

Em julho, o Jornal de Nova Odessa mostrou que, do total de estupros cometidos na cidade ao longo do primeiro semestre deste ano, 85% deles foram contra menores de idades, enfermos ou deficientes físicos. Dos sete casos registrados na Polícia Civil de janeiro a junho, seis foram contra os chamados “vulneráveis”. Na comparação com o mesmo período de 2020, as ocorrências desta natureza simplesmente triplicaram, passando de dois para seis casos.