in

Pandemia faz crescer em 32% beneficiários do Bolsa Família em Nova Odessa

pandemia-faz-crescer-em-32-beneficiarios-do-bolsa-familia-em-nova-odessa-jno
Publicidade
detran-jno

Desde março de 2020, mês de início da quarentena contra o coronavírus, até junho deste ano, Nova Odessa registrou um aumento significativo na procura por benefícios repassados pelo Governo Federal à população. Entre eles está o Bolsa Família que, de acordo com a Secretaria Nacional de Renda e Cidadania, registrou um aumento de 32% no período.

No final do primeiro trimestre daquele ano, a cidade somava 946 famílias que recebiam o benefício do Bolsa Família. Mas, de acordo com informações passadas pela Prefeitura, em resposta ao requerimento de autoria do vereador Levi Tosta (DEM) e aprovado pela Câmara, houve um crescimento de 32% no período, o que equivale a um total de 1.251 famílias contempladas.

Ainda segundo a Secretaria Nacional de Renda e Cidadania, atualmente, 3.749 pessoas diretamente beneficiadas pelo Programa. Dentre essas famílias, 86,2 % dos responsáveis familiares (RF) eram do sexo feminino. O Programa prevê o pagamento dos benefícios financeiros preferencialmente à mulher, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da autonomia feminina tanto no espaço familiar como em suas comunidades.

Em junho, o número de pessoas beneficiárias do PBF equivalia aproximadamente a 6% da população total do município, abrangendo 885 famílias que, sem o programa, estariam em condição de extrema pobreza. A cobertura do programa foi de 95 % em relação à estimativa de famílias pobres no município. Essa estimativa é calculada com base nos dados mais atuais do Censo Demográfico, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“O município está próximo da meta de atendimento do programa. O foco da gestão municipal deve ser na manutenção da atualização cadastral dos beneficiários, para evitar que as famílias que ainda precisam do benefício tenham o pagamento interrompido. A gestão também deve realizar ações de Busca Ativa para localizar famílias que estão no perfil do programa e ainda não foram cadastradas”, informou o Ministério.

No mês de junho de 2021, foram transferidos R$ 130.509,00 às famílias do Programa em Nova Odessa e o benefício médio repassado foi de R$ 104,32 por família.

“O valor e os tipos de benefícios recebidos pelas famílias variam de acordo com o perfil de renda, tamanho e composição familiar (se há crianças, adolescentes, gestantes ou nutrizes na família, por exemplo)”, explicou o ministério.