Palestra sugere uso da felicidade contra o estresse a enfermeiros de Nova Odessa

A atividade faz parte do programa de capacitação permanente dos profissionais da rede municipal e reuniu mais de 50 pessoas no auditório da Prefeitura de Nova Odessa

Felicidade como estratégia de vida”. Esse foi o tema da palestra ministrada na na última quinta-feira, dia 9, pela enfermeira Érica Chagas, conselheira do Coren-SP (Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo), a enfermeiros, técnicos, auxiliares de enfermagem e homens do Corpo de Bombeiros Voluntários da cidade. A atividade faz parte do programa de capacitação permanente dos profissionais da rede municipal e reuniu mais de 50 pessoas no auditório da Prefeitura de Nova Odessa.

A temática é uma das ferramentas usadas pelo órgão estadual dentro do projeto “Cuidando de quem cuida”, desenvolvido pelo órgão visando o acolhimento e o bem-estar dos profissionais de enfermagem. “Fizemos uma sondagem que apontou que 60% dos profissionais que atuam na área de enfermagem sofrem com adoecimento mental. Nós, enfermeiros, temos um trabalho muito intenso que, muitas vezes, catalisa o sofrimento dos pacientes”, explica a conselheira do Coren.

Durante a explanação, a enfermeira usou técnicas de coaching e conceitos de psicologia positiva, que trabalha a busca pela felicidade. “Nosso objetivo no projeto é mobilizar os profissionais e apresentar ferramentas e oportunidades para que, além dos pacientes, eles possam cuidar de si mesmos”, justifica Érica, que atua na área de gerontologia (idosos).

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

“A palestra passou a importância de o profissional de enfermagem estar bem, física e mentalmente, para cuidar do doente”, resumiu o enfermeiro André Barros, que atua no Hospital Municipal e Maternidade “Dr. Acílio Carreon Garcia”.

Para o secretário de Saúde, Vanderlei Cocato, atividades como essa são fundamentais para melhorar a qualidade do serviço prestado no município. “Humanização é palavra de ordem na Secretaria de Saúde. Quanto mais condições de trabalho e ferramentas de humanização oferecemos aos funcionários, mais humanizado será o atendimento”, avalia o secretário.