in

Nova Odessa tem queda de 55,5% no número de roubos

O volume de furtos em geral (que tiveram como vítimas pessoas físicas e jurídicas) também teve retração considerável

nova-odessa-tem-queda-de-555-no-numero-de-roubos-jno
Publicidade
detran-jno

O número de roubos praticados em Nova Odessa diminuiu 55,5% em julho, na comparação com o mesmo mês do ano passado. É o que revelam dados estatísticos divulgados na terça-feira (25) pela SSP (Secretaria Estadual de Segurança Pública). Os índices de furtos, incluindo veículos, também seguem em queda no município, apontado como o mais seguro da RMC (Região Metropolitana de Campinas) e o terceiro menos vulnerável à criminalidade no Estado de São Paulo, em estudo lançado no último dia 17 pelo Instituto Sou da Paz.

De acordo com números da secretaria, elaborado com base em ocorrências criminais registradas pela Polícia Civil no quarto mês fechado da quarentena, foram quatro assaltos cometidos no mês passado, contra nove contabilizados em julho de 2019. No acumulado dos últimos sete meses, o índice de queda foi semelhante: 40 boletins de ocorrência lavrados em 2020 ante 88 no ano anterior, o que equivale a uma redução de 54,5%.

O volume de furtos em geral (que tiveram como vítimas pessoas físicas e jurídicas) também teve retração considerável. Foram 35 casos em julho de 2019 contra 22 no mês passado, queda de 37,1%. No acumulado do ano, o percentual de diminuição ficou em 39%, com 300 ocorrências entre janeiro e julho do ano passado e 183 em igual período de 2020. Os furtos de veículo seguem a mesma onda e acumulam redução de 8,9% este ano. Foram 41 automóveis levados por ladrões em 2020 e 45 em 2019.

Os dados da SSP apontam estabilidade nos índices de roubos de carros, utilitários e motocicletas, com dois casos em julho de cada ano e 12 ocorrências entre janeiro e julho. Pelo segundo ano seguido, o município tem índice zero de homicídios nos primeiros sete meses do ano. Para o diretor da Guarda Civil Municipal de Nova Odessa, Nilton Cesar Alves, os dados da Secretaria de Segurança Pública refletem o trabalho ininterrupto realizado pela corporação, em sintonia com as polícias Militar e Civil, e reiteram a baixa vulnerabilidade do município à criminalidade, conforme ranking elaborado pelo Instituto Sou da Paz.

“A queda nos índices reforça a importância dos investimentos realizados pela Administração Municipal na ampliação do efetivo da Guarda, na compra de armas e no aprimoramento permanente do nosso videomonitoramento, que é ferramenta fundamental no combate ao crime e no trabalho do Serviço de Inteligência”, avaliou o diretor da GCM.