in

Nova Odessa é a cidade mais segura da RMC e ‘top 3’ no Estado, diz Instituto Sou da Paz

No ranking elaborado pela organização, Nova Odessa obteve índice 1,20, ficando atrás apenas de Matão (0.80) e São José do Rio Preto (1,06)

nova-odessa-e-a-cidade-mais-segura-da-rmc-e-top-3-no-estado-diz-instituto-sou-da-paz-jno
Publicidade
detran-jno

Nova Odessa é o município com o menor Índice de Exposição a Crimes Violentos (IECV) da RMC (Região Metropolitana de Campinas) e o terceiro do Estado, segundo avaliação feita pelo Instituto Sou da Paz. A edição 2020 do estudo, lançada na última segunda-feira (17), analisou a criminalidade nos 139 municípios paulistas com mais de 50 mil habitantes, em meio à pandemia do novo coronavírus. De acordo com o levantamento, calculado a partir da média ponderada de homicídios, estupros e roubos registrados pela SSP (Secretaria Estadual de Segurança Pública), o número de ocorrências na cidade caiu 55% no primeiro semestre, na comparação com igual período do ano passado. Foi o melhor resultado do ‘Paraíso do Verde’ na série histórica iniciada em 2014.

No ranking elaborado pela organização, Nova Odessa obteve índice 1,20, ficando atrás apenas de Matão (0.80) e São José do Rio Preto (1,06). Além de estar entre os mais seguros do Estado, o município conseguiu diminuir o indicador em relação aos primeiros seis meses de 2019, quando o IECV foi de 2,69. Nos anos anteriores, foram registrados: 3,50 em 2018, 4,21 em 2017, 3,81 em 2016, 3,91 em 2015 e 4,21 em 2014.

O Índice de Exposição a Crimes Violentos foi criado para facilitar uma avaliação que agregue várias dimensões da violência e da segurança pública no Estado de São Paulo. Conforme a metodologia, são considerados menos expostas à criminalidade as cidades cujas notas aferidas estão mais próximas de zero. O diretor da Guarda Civil Municipal, Nilton Cesar Alves, avalia a posição de Nova Odessa no ranking como resultado do intenso trabalho realizado pela corporação, em plena sintonia com as polícias Civil e Militar, e dos investimentos feitos pela Administração. “Contratamos novos guardas, o que melhorou a segurança da população nas ruas, compramos armas e seguimos trabalhando muito, aliando inteligência, com destaque para nosso sistema de monitoramento, e patrulhamento ostensivo. Todos esses elementos juntos têm contribuído para a queda da criminalidade no município”, afirmou Alves.

ESTATÍSTICA Nova Odessa fechou o primeiro semestre com índice zero de assassinatos, uma das variáveis do IECV. Pelo segundo ano consecutivo, nenhum caso foi registrado na cidade, segundo dados divulgados pela SSP. Foi a terceira vez que o município – conhecido em todo o Estado por sua qualidade de vida – conseguiu zerar o índice de homicídios na série histórica iniciada em 2002. Outros importantes índices de criminalidade também registraram redução na primeira metade do ano, como estupros (-57,1%), roubos (-54,4%), furtos (-39,2%) e furtos de veículos (-17,5%).