in

Nova Odessa cria ‘calculadora’ para datas de doses complementares e promove ‘mutirões’

Visando incentivar a população a completar o esquema vacinal contra a Covid-19, a Secretaria de Saúde da Prefeitura realiza nos próximos dois sábados (11 e 18 de dezembro) mutirões consecutivos da campanha de imunização.

nova-odessa-cria-calculadora-para-datas-de-doses-complementares-e-promove-mutiroes-jno
Publicidade
detran-jno

Para facilitar a vida dos cidadãos e sanar as dúvidas em relação aos prazos e datas entre a primeira e a segunda dose das vacinas contra a Covid-19, bem como o prazo para a terceira dose de quem já pode tomar a dose de reforço, a Prefeitura de Nova Odessa acaba de lançar uma “Calculadora de Dose”.

Desenvolvida pelas equipes da Vigilância Epidemiológica e da Diretoria de Comunicação da Prefeitura, e ainda em fase experimental, a ferramenta online está disponível em um hotsite criado especialmente para ela, o http://vacina.novaodessa.sp.gov.br/.

A ferramenta é muito fácil de usar, basta inserir a data em que a pessoa tomou a primeira dose ou a dose de reforço (“D2”) e selecionar o grupo etário (adultos ou adolescentes), bem como o laboratório da vacina.

O próprio algoritmo calcula a data de retorno a partir da qual a pessoa pode procurar o Sistema de Saúde para tomar a “D2” ou a dose de reforço, sempre de acordo com os intervalos mínimos vigentes no momento. Por exemplo, a “D2” da fabricante Pfizer pode ser tomada 21 dias após a dose inicial, e a dose de reforço da CoronaVac (neste caso, chamada de “D3”), a partir de quatro meses da “D2”.

 

PLANTÕES AOS SÁBADOS

Além disso, visando incentivar a população a completar o esquema vacinal contra a Covid-19, a Secretaria de Saúde da Prefeitura realiza nos próximos dois sábados (11 e 18 de dezembro) mutirões consecutivos da campanha de imunização. Os plantões acontecem nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do Centro e do Jardim Alvorada, das 7h às 12h.

É imprescindível ao interessado levar documentação pessoal e comprovante de endereço, bem como a caderneta de vacinação para quem vai tomar a “D2” ou a dose de reforço (“D3”). Além dos mutirões dos próximos dois sábados, a campanha imunização acontece diariamente em Nova Odessa, de segunda a sexta, das 7h às 15h30, nestas duas UBSs.

Devido à importância de a população completar o ciclo vacinal para garantir a imunização contra a doença, a Secretaria de Saúde pede a colaboração dos moradores que estão com a “D2” atrasada, bem como daqueles que já podem tomar a dose de reforço. O órgão atenta, inclusive, para a proximidade das festas de fim de ano, quando os adultos com vacinação incompleta podem colocar pais e avós em risco.

“A intenção é vacinar todas as pessoas que estão com alguma dose em atraso ou os que vão tomar a dose de reforço. É extremamente necessário seguir o cronograma, respeitando as datas agendadas na caderneta, pois apenas com o ciclo completo a população estará protegida. Estamos intensificando esse apelo para àqueles que não retornaram para a ‘D2’. Pedimos aos cidadãos que completem o esquema vacinal, se protegendo e protegendo o próximo”, explicou o secretário municipal de Saúde, Silvio Corsini.

A “D1” segue sendo aplicada em adolescentes e adultos que eventualmente ainda não tenham iniciado o esquema vacinal, bem como a “D2” atrasada (AstraZeneca, CoronaVac, Pfizer) nos intervalos atualmente vigentes para cada fabricante – a Pfizer, de 21 dias para adultos e 8 semanas adolescentes; a AstraZeneca, de 8 semanas; e a CoronaVac, de 28 dias. Lembrando que a dose de reforço tem agora intervalo menor, de 4 meses, após tomar a segunda dose.

 

ATRASADOS

Até a última terça-feira (07/12), Nova Odessa havia atingido a marca de 94,9 mil vacinas aplicadas na população desde janeiro deste ano.

Com isso, são 96,22% da população total da cidade vacinada com ao menos uma dose, e 87,06% com esquema vacinal completo. Mais de 5,1 mil moradores já receberam, inclusive, a terceira dose da vacina (ou a dose de reforço).

No entanto, 4.154 moradores estão com a “D2” atrasada e, por isso, devem procurar com urgência as UBSs do Centro ou do Jardim Alvorada diariamente, de segunda a sexta, das 8h às 15h30, ou nos mutirões dos sábados (11 e 18 de dezembro), das 7h às 12h, pois os índices máximos de proteção das vacinas, indicadas pelas fabricantes, só são atingidos algumas semanas após a segunda dose.

Nova Odessa tem 6.521 casos positivos de Covid-19 até o momento, dos quais 236 moradores não resistiram às complicações do coronavírus e faleceram.

Saiba mais sobre a campanha de vacinação e o avanço da pandemia diariamente em www.novaodessa.sp.gov.br/, www.facebook.com/PrefeituradeNovaOdessa/ e www.instagram.com/prefeituradenovaodessa/. O novo hotsite com todas as informações locais sobre a pandemia de Covid-19 e a vacinação está disponível em www.novaodessa.sp.gov.br/coronavirus/.