in

Multivacinação de crianças e adolescentes é prorrogada até dia 30 de novembro

multivacinacao-de-criancas-e-adolescentes-e-prorrogada-ate-dia-30-de-novembro-jno
Publicidade
detran-jno

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Nova Odessa prorrogou a Campanha de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação das Crianças e Adolescentes, desde recém-nascidos até menores de 15 anos (com 14 anos 11 meses e 29 dias), para a atualização das cadernetas desse público.

A campanha prossegue agora na cidade até o próximo dia 30 de novembro de 2021, conforme autorizado pelo Ministério da Saúde. Em nível nacional, segundo o Ministério, a prorrogação deve-se “aos resultados alcançados até o momento e à existência de bolsões de não vacinados” por todo o Brasil.

Até o último dia 29/10, quando a campanha seria encerrada, as sete UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da cidade haviam atendido a 1.290 crianças e adolescentes das diversas faixas etárias inseridas na campanha. Desse total, 610 tinham vacinas atrasadas, e receberam as doses que completaram suas cadernetas de vacinação, ficando protegidos contra uma série de doenças.

No início da campanha, seis a cada 10 crianças e adolescentes de todo o Estado que compareceram aos postos estavam com vacinas atrasadas. A campanha oferece 16 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças, melhorando coberturas vacinais que têm oscilado nos últimos anos.

Dentre as vacinas que estarão disponíveis nos postos na campanha estão: BCG, Hepatite A e B, Penta (DTP/Hib/Hep B), Pneumocócica 10 valente, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VRH (Vacina Rotavírus Humano), Meningocócica C (conjugada), VOP (Vacina Oral Poliomielite), Febre amarela, Tríplice viral (Sarampo, rubéola, caxumba), Tetraviral (Sarampo, rubéola, caxumba, varicela), DTP (tríplice bacteriana), Varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano).

Segundo o Ministério da Saúde, todas as vacinas, que integram o PNI (Programa Nacional de Imunizações), são seguras e estão registradas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), incluindo a da Covid-19 indicada para os adolescentes (Pfizer).

Assim, os pais ou responsáveis devem levar os menores à Unidade Básica de Saúde mais próxima de casa com a carteira de vacinação da criança ou adolescente em mãos, para que um profissional avalie quais doses precisarão ser aplicadas, tanto para eventual situação de atraso, falta ou necessidade de reforço.

“A Campanha de Multivacinação oferece todas as vacinas do calendário para as crianças de 0 até 14 anos, 11 meses e 29 dias”, explicou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica Municipal, Paula Mestriner. A multivacinação de crianças e adolescentes prossegue normalmente nos dias úteis até o próximo dia 30 de novembro, em todas as UBSs de Nova Odessa, a partir das 7h.

Por conta da pandemia, todas as medidas e protocolos de segurança para proteger a população e os trabalhadores de Saúde são adotados. O Ministério da Saúde recomenda ainda que seja observado o distanciamento social dentro das instalações das salas ou postos de vacinação e a disponibilidade de local para higienização das mãos. O uso de máscara também é obrigatório para todos que ingressarem nos pontos de vacinação.