in

Mulher sofre abuso sexual

Levada para matagal, mulher de 19 anos foi roubada depois de ser sequestrada em ponto de ônibus.

Uma mulher de 19 anos foi levada para um matagal onde sofreu abuso sexual e teve o celular roubado depois de ter sido seqüestrada em um ponto de ônibus da avenida Dr. Carlos Botelho, em frente da Secretaria Municipal de Educação, a 50 metros da Delegacia da Polícia Civil. Guardas civis municipais conseguiram prender o acusado que estava com o celular da vítima no bolso. Ele é Antonio Marcos Pereira Gomes, de 36 anos, que já tem condenação de seis anos por roubo em Santa Bárbara D’Oeste, mas, estava em liberdade. Antonio Marcos foi autuado em flagrante por roubo e estupro e foi para o Centro de Detenção Provisória em Americana.
O ataque do criminoso aconteceu às 23 horas de quarta-feira. A jovem havia desembarcado de um ônibus e esperava o namorado para acompanhá-la para casa. “A vítima observava o celular quando o desconhecido chegou e disse para que ela nada fizesse, nem despertasse a atenção, e olhasse para o chão”, conforme foi descrito no Boletim de Ocorrência. Na abordagem, o criminoso simulou estar armado – manteve uma das mãos embaixo da camisa.
Bandido e vítima entraram em um matagal. Ainda conforme o registro policial, “andaram por cerca de 30 metros, a vítima sempre sob ameaça, até que se viu totalmente despida pelo acusado, que depois tirou sua própria roupa”.
Em depoimento, a mulher contou que foi obrigada a fazer sexo oral. Depois, ele vestiu roupas e pegou o celular da vítima. O criminoso a obrigou ficar nua e fez diversas ameaças de morte. Ainda obrigou que ela ficasse por uma hora no matagal. Entretanto, ao perceber que o bandido desaparecera, a vítima saiu do local.
Uma equipe da Guarda Civil Municipal fazia patrulhamento pela rua Juscelino Kubistcheck , no jardim Planalto, quando encontou a mulher “chorando e assustada”. Já era madrugada de quinta-feira, 26. A vítima embarcou na viatura e descreveu o criminoso como um homem pardo, que vestia calça jeans e camiseta listrada.
O criminosos foi preso na Estrada Municipal Astrônomo Gean Nicolini, perto da avenida Brasil como o que a atacara, minutos antes. Os guardas pararam o carro e o abordaram. Com ele foi encontrado o celular da vítima. Segundo os guardas, ele confessou os crimes de violência sexual e roubo. Porém, resistiu à prisão. Mas, os guardas conseguiram contê-lo.
Antonio Marcos foi levado para a Delegacia de Polícia Civil e autuado em flagrante por haver transgredido os artigos 157 (roubo simples consumado) e 213 (estupro consumado), ambos do Código Penal, por “ter sido surpreendido logo após mediante violência ou grave ameaça subtraido um celular de propriedade da vítima que foi constrangida também mediante violência ou grave ameaça a praticar ato libidinoso”. Ele mora no jardim Lola, em Santa Bárbara D’Oeste, e já esteve preso por roubo em 2014.

Publicidade
superbanner-728x90-rafaela-40kb