‘Muay thai para Todos’ gradua primeiros iniciantes em Nova Odessa e mira competições

O professor disse que o exame de graduação é sempre uma boa oportunidade para observar que alunos estão preparados para as próximas competições

Dezesseis alunos do projeto “Muay thai para Todos”, que ensina a arte marcial tailandesa gratuitamente a pessoas de todas as idades em Nova Odessa, fizeram a primeira graduação, na manhã do último sábado, no no CAS (Centro de Atendimento Social) do Jardim São Jorge. Os lutadores foram aprovados em testes físicos e técnicos e subiram um degrau no aprendizado da chamada “arte das oito armas”. Além dos novos graduados, outros três praticantes passaram no teste de graduação.

Na avaliação do professor voluntário Juliano Henrique Cavaglieri, o Juliano “Naja”, responsável pela iniciativa, desenvolvida em parceria com a Secretaria de Esportes, Cultura, Lazer e Turismo, o exame foi um sucesso. “Com sete meses de projeto, já foram graduados 16 alunos que iniciaram no ‘Muay thai para Todos’, além dos alunos que já treinam a mais tempo e conquistaram as graduações intermediárias, realizando excelentes combates”, comentou Juliano Naja, técnico da equipe de Nova Odessa.

O professor disse que o exame de graduação é sempre uma boa oportunidade para observar que alunos estão preparados para as próximas competições. “Durante os testes, eles fazem demonstração de todas suas técnicas e realizam uma luta. É é um ótimo momento para observar as condições de cada um”, explica o professor. Segundo ele, Ainda este ano, o município será representado em eventos dentro e fora do Estado de São Paulo.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

No final do mês passado, a equipe treinada e liderada por Juliano Naja conquistou oito medalhas – cinco de ouro e três de prata – no Muay Thai Fight Pró 5, evento organizado pela Confederação Brasileira de Muay Thai/Boxe Tailandês, realizado em Bragança Paulista, com os melhores lutadores do país. Naja foi um dos destaques do torneio.

As aulas do projeto “Muay thai para Todos” ocorrem às terças e quintas-feiras, a partir das 19h30, no CAS (Centro de Atendimento Social) do Jardim São Jorge, que fica na Rua Florianópolis, 305. Para mais informações sobre matrículas e detalhes sobre a iniciativa, entre em contato com o professor Juliano Naja pelo telefone 98331-9559.