in

Levantamento mostra produção dos vereadores do município em números

Reportagem traz quantidade de projetos, requerimentos e indicações protocolados no mandato

eleitos-e-suplentes-em-nova-odessa-poderao-obter-diplomas-pela-internet-jno
Publicidade
detran-jno

Os vereadores da atual Legislatura, a 14ª na história de Nova Odessa, terminam o mandato no próximo dia 31. Com o término das sessões na segunda-feira (14), a reportagem do JNO realizou um levantamento no site da Câmara para saber quantas proposituras foram apresentadas pelos 14 vereadores – 12 homens e duas mulheres – que ocuparam uma das nove cadeiras entre 2017 e 2020.

O vereador Sebastião Gomes dos Santos, o Tiãozinho do Klavin (PSDB), é o ‘campeão’ na apresentação de Projetos de Lei. Desde 2017 foram protocolados 37, incluindo as denominações de rua. Em seguida, Antônio Alves Teixeira, o Professor Antônio (PSD), 26, mesmo número de Avelino Xavier Alves, o Poneis (PSDB), que faleceu vítima de complicações decorrentes do novo coronavírus em 9 de julho.

Na sequência aparecem dois suplentes que exerceram a vereança por um período específico: Angelo Roberto Réstio, o Nenê Réstio, eleito pelo MDB e depois filiado ao Cidadania, apresentou 23 projetos de lei; e Wladiney Brígida, o Polaco, eleito no Solidariedade e que migrou ao PL, com 22 proposituras. Outra suplente que exerceu mandato, Carol Moura (Podemos), apresentou 17 projetos de lei. Quem menos apresentou projetos de lei no atual mandato foram os vereadores Vagner Barilon (PSDB), 5, e Cláudio José Schooder, o Leitinho (PSD), 6, além do suplente Oséias Domingos Jorge (DEM), com 4, que ocupou o cargo por um curto período, assim como os ‘zerados’ Natal Junqueira de Araújo, o Paraná Gás (PSDB), e Edson Barros de Souza, o Nenê Gás (PSDB).

Quanto aos Requerimentos, que são pedidos de informações oficiais a respeito de assuntos determinados, aqueles que mais protocolaram – disparados – foram os vereadores Tiãozinho, com 666, e Poneis, 547, seguidos por Tiago Lobo, 322, Leitinho, 241, e Carol Moura, 213. Na ‘rabeira’ desse quesito figuram os que tiveram menos tempo de vereança; Paraná Gás (16), Nenê Gás (7) e Oséias (5). E no tocante a Indicações, que são documentos nos quais os vereadores sugerem a adoção de medidas específicas, quem mais apresentou também foram, de longe, Tiãozinho (561) e Poneis (373).

Na sequência estão Tiago Lobo, 154, e Vagner Barilon, 124. Com o pouco tempo que tiveram na Câmara, Nenê Gás apresentou somente três indicações e Oséias Jorge, apenas uma. Um dos tipos de projeto existentes, os de Decreto Legislativo, incluem a concessão de títulos de cidadania e de medalhas de mérito ‘Dr. Carlos José de Arruda Botelho’. Quem mais apresentou honrarias do tipo para munícipes foram Tiãozinho, Nenê Réstio e Professor Antônio, com sete cada, seguidos por Poneis e Carla Lucena, com cinco, e Tiago Lobo, quatro.