in

Leitinho emprega mais um ex-integrante do governo Bill

Ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, José Mário Moraes, o Zé Mário, foi nomeado assessor de gabinete superior; ao JNO, ele disse que sua função será “atender o público na prefeitura”

leitinho-emprega-mais-um-ex-integrante-do-governo-bill-jno
Publicidade
detran-jno

O prefeito Cláudio José Schooder, o Leitinho (PSD), empregou nesta semana mais um ex-integrante do governo Bill. O ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, José Mário Moraes, o Zé Mário, foi nomeado assessor de gabinete superior, com salário de quase R$ 3,2 mil, lotado junto à Secretaria de Administração. Ao JNO, disse que sua função será “atender o público na prefeitura”. Zé Mário se junta a outros ex-servidores da antiga administração, como o atual secretário-adjunto de Assuntos Jurídicos, Robson Fontes Paulo, que foi diretor da Guarda Municipal, Secretário de Assuntos Jurídicos e adjunto de Administração no governo do ex-prefeito Bill.

A lista conta ainda com a atual gestora de transparência, Priscila Peterlevitz; a presidente do Fundo Social, Juçara Rosolen; e Rodinei Rodrigues, o Lico, que está lotado na Coden Ambiental. Os três foram candidatos a vereador pelo PSDB, assim como Zé Mario. O segundo e terceiro escalações da administração Leitinho também contam com diversos comissionados que trabalharam no governo passado. E por falar em comissionados, nas duas últimas semanas, Leitinho publicou 16 portarias contratando pessoas em cargos de confiança.

Na descrição dos cargos em comissão, dentro da Lei Complementar 41, sancionada recentemente pelo prefeito Leitinho, compete ao assessor de gabinete superior “subsidiar o Gabinete do Secretário com estudos, avaliações estratégicas e técnico-políticas no desenvolvimento das atividades da área; analisar, para deliberação em conjunto com o superior, as propostas, prospecções, pareceres e recomendações, em nível estratégico, concatenando com o Plano de Governo em implantação e ou execução; estabelecer relação com as várias unidades da Secretaria e as entidades a ela vinculadas, viabilizando a disseminação das ações técnico-políticas determinadas pelo Agente Político no comando da respectiva Secretaria.

Contudo, a principal função de Zé Mário será “atender ao público na prefeitura”, conforme ele mesmo relatou, por telefone, ao Jornal de Nova Odessa. Seu salário será de quase R$ 3,2 mil.