in

Inscrições para central de vagas em creches de Nova Odessa seguem hoje

As datas para inscrição de crianças das demais idades serão divulgadas posteriormente

A Secretaria de Educação realiza também nesta quarta-feira (4) as inscrições para a central de vagas em creches de Nova Odessa. O cadastro foi iniciado na segunda-feira e as inscrições são apenas para as crianças que completam 5 meses e até 11 meses e 29 dias até 31 de março de 2020 para frequentar o Berçário 1 em 2020. Os pais ou responsáveis devem se dirigir à sede da Secretaria, que fica na Avenida Carlos Botelho s/nº, no Centro. As datas para inscrição de crianças das demais idades serão divulgadas posteriormente.

Para fazer a inscrição, é preciso levar os seguintes documentos: certidão de nascimento da criança (cópia e original); comprovante de endereço – conta de energia, água, IPTU ou contrato de locação do imóvel – atualizado em nomes dos pais (cópia e original); carteira de vacinação (cópia e original); RG ou CPF da mãe ou responsável (cópia e original) e atestado de trabalho/carteira de trabalho ou comprovante de trabalho similar (cópia e original). Importante ressaltar que a inscrição só será feita com a apresentação de todos os documentos.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

A criação da central informatizada de vagas tem como objetivo permitir que os pais acompanhem a evolução da fila de espera de vagas em creches e escolas municipais de tempo integral sem a necessidade de ir até à Secretaria de Educação. “É importante esclarecer que o cadastro da criança continuará sendo feito, impreterivelmente, na Secretaria de Educação, uma vez que é necessária a apresentação de uma série de documentos, como Certidão de Nascimento e comprovante de endereço, que são conferidos por um funcionário da pasta”, ressaltou a secretária. Ela explica que o sistema será alimentado apenas com dados de creches e escolas municipais em tempo integral. A dinâmica das demais séries não muda.

Claudicir explica também que a nova ferramenta regulamentará a espera por vagas. “O sistema vai classificar as famílias e as crianças de acordo com a ordem de inscrição. A central on-line de vagas vai gerar um protocolo, com número do documento e horário do cadastro, permitindo que os pais acompanhem de onde estiverem quantas pessoas foram atendidas e quantas estão na sua frente”, explicou Claudicir.