in

Homem usa tronco para invadir restaurante, mas é preso pela GM

Suspeito foi flagrado já na área externa do estabelecimento comercial separando objetos furtados; na delegacia, ele confessou o crime e recebeu voz de prisão em flagrante

homem-usa-tronco-para-invadir-restaurante-mas-e-preso-pela-gm-jno
Publicidade
detran-jno

Um homem de 47 anos foi preso em flagrante pela Guarda Municipal de Nova Odessa após arrombar, com a ajuda de um tronco, um restaurante localizado na região central da cidade. O caso aconteceu na noite da última sexta-feira e A.R.B. foi surpreendido pelos patrulheiros já do lado de fora do estabelecimento comercial no momento em que separava alguns objetos retirados do local e se preparava para a fuga.

Uma equipe da GCM fazia patrulhamento preventivo pela região central e recebeu, via controle, a informação do furto. O estabelecimento fica na Avenida Carlos Botelho. Quando chegaram ao local, a equipe notou que o suspeito ainda estava dentro do restaurante. Assim que saiu, carregando produtos que furtou do restaurante, o homem foi detido pelos guardas. A. não teve como negar o crime e foi levado pela à delegacia da Polícia Civil, onde, em depoimento, confessou o furto, sendo preso em flagrante. Os produtos furtados foram devolvidos ao proprietário do restaurante. Participaram da prisão os GCM’s Gonçalves e Piconi, com apoio do inspetor Lima Neto e dos GCM’s De Paula, Maurício e Vanildo.

EX-CASAL

No sábado, a Polícia Militar prendeu H.M.N.J., de 39 anos, acusado de agredir e roubar o celular da ex-namorada. O caso também aconteceu na Avenida Carlos Botelho, às 10h50. A vítima disse aos policiais que seu ex-companheiro a agrediu, ameaçou e roubou seu aparelho de telefone celular. Uma equipe realizou a pesquisa via e-mail e fez o rastreamento do celular, conseguindo a localização.

Ao chegar no local indicado, foi encontrado o aparelho de celular já vendido em uma loja e o suspeito foi encontrado andando pela via pública com R$ 248,75 fruto da venda do celular. H. foi indagado e negou o crime. Mas imagens da loja mostram o suspeito chegando ao local com o celular nas mãos. Diante dos fatos, ele admitiu o crime e disse que vendeu o celular por R$ 450, usando parte do dinheiro para pagar dívida de drogas e comprar roupas no shopping. O homem foi levado à delegacia e preso em flagrante.