in

Diretor de Habitação vai à Caixa falar sobre supostas irregularidades em programa habitacional

Os responsáveis do órgão informaram haver apenas três processos em andamento

O diretor de Habitação de Nova Odessa, Angelo Roberto Réstio, o Nenê Réstio, esteve esta semana na Gihab (Gerência Executiva de Habitação) da CEF (Caixa Econômica Federal), em Campinas, para falar sobre denúncias de supostas irregularidades envolvendo mutuários de dois condomínios residenciais instalados na cidade. Segundo ele, os responsáveis do órgão informaram haver apenas três processos em andamento.
Nenê Réstio foi recebido pelo coordenador de filial da Gihab Campinas, Júlio Barboza Magalhães, e também pelos técnicos Marcel Augusto Castro de Souza e Andressa Brito de Assis Cavalcante. “Temos observado nas últimas semanas inúmeros boatos envolvendo mutuários do Residencial das Árvores e também do Residencial Fibra. Estas informações desencontradas têm causado pânico em quem mora nestes locais e também em quem aguarda ser chamado para ter a cada própria. Vim pessoalmente averiguar se procedem as denúncias e quais providências estão sendo tomadas”, disse.
Segundo o diretor, os responsáveis da Gihab confirmaram haver em trâmite três denúncias – uma envolvendo morador do Residencial Fibra e duas de mutuários do Residencial das Árvores. “Estas situações já estão sendo tratadas pela CEF, que é o órgão responsável para averiguação e, se constatadas irregularidades, tomada das providências legais”, afirmou.
“Infelizmente estão circulando situações inverídicas na cidade, que estão sendo espalhadas por pessoas que não tem nenhuma ligação com a Caixa ou com a Prefeitura”, disse. “É importante esclarecer que a Prefeitura e a Caixa são os únicos órgãos oficiais credenciados e com competência para falar sobre assuntos ligados à habitação. Não devemos acreditar em boatos de pessoas que não tem mais vínculo com estes locais”, continuou.
O diretor afirmou que é preciso ter mais respeito e responsabilidade com as informações divulgadas. “É claro que, por serem grandes, empreendimentos como estes acabam gerando questionamentos. No entanto, denúncias devem ser formalizadas junto aos verdadeiros responsáveis. Lidamos com o sonho dos moradores em terem seu imóvel próprio e não admito que pessoas sem responsabilidade coloquem isso em xeque”, disse.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

CADASTRO
Nenê afirmou que durante a visita solicitou à CEF a lista atualizada dos suplentes dos empreendimentos instalados na cidade. Recentemente, ele afirmou que pretende realizar um novo cadastro para atualização do Cadastro Habitacional do Município.
Segundo ele, o último levantamento é de 2013 e a realidade socioeconômica da cidade mudou. “A atualização destes dados é de extrema importância para ver realidade municipal e, diante disso, desenvolver projetos para atender a demanda habitacional”, explicou.
Nenê destacou, no entanto, que até que esta atualização esteja concluída, novos cadastros estão suspensos. “Quando abrirmos o novo Cadastro Municipal de Habitação faremos uma ampla divulgação através, é claro, dos meios oficiais utilizados pela Administração”, disse.