Desassoreamento da lagoa do Bosque Manoel Jorge, em Nova Odessa, começa este mês

Em parceria com a Prefeitura de Nova Odessa e com previsão de conclusão em quatro meses, os serviços serão iniciados neste mês

O governo estadual definiu a contratação da empresa que vai ficar responsável pelos serviços de desassoreamento da lagoa do bosque Manoel Jorge, em Nova Odessa. O trabalho será realizado pelo DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), com investimento de R$ 1,4 milhão. Em parceria com a Prefeitura de Nova Odessa e com previsão de conclusão em quatro meses, os serviços serão iniciados neste mês.

As máquinas removerão 12 mil metros cúbicos de sedimentos depositados no fundo da lagoa. O material dragado será depositado em área municipal já aprovada pelo licenciamento ambiental emitido pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo).

“A lagoa integra o sistema hidráulico de Nova Odessa, localizada em importante área de lazer da cidade, muito frequentada pela população local. A limpeza e desassoreamento do lago vai contribuir para minimizar o risco de inundações e propiciar um ambiente mais agradável para os visitantes”, destacou Alceu Segamarchi Júnior, Superintendente do DAEE.

BATALHA

O desassoreamento das lagoas dos bosques Manoel Jorge e Isidoro Bordon é assunto que o prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza vem discutindo, desde o ano passado e de forma constante, com vários órgãos do governo estadual. “Essa notícia, de que os trabalhos vão começar já em novembro, é excelente. Tenho trabalhado muito pelo desassoreamento das lagoas, uma vez que os dois bosques são locais muito procurados pelas famílias para o lazer nos finais de semana”, comentou Bill.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

Desde o final do ano passado, Bill vem batalhando pela realização do trabalho nas duas lagoas, com objetivo de contribuir para um ambiente mais agradável aos visitantes. Em dezembro, o prefeito de Nova Odessa esteve reunido com o então secretário de Saneamento e Recursos Hídricos, Ricardo Borsari, oportunidade em que entregou o primeiro pedido de desassoreamento das represas. Na ocasião, também participaram daquela reunião o secretário-executivo do Consórcio PCJ, Francisco Lahoz, o assessor-técnico da mesma entidade, Flávio Stenico, e o deputado Vanderlei Macris.

Em 18 de janeiro, acompanhado do diretor-presidente da Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa, Ricardo Ongaro, Bill se reuniu com o superintendente do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), Francisco Eduardo Loducca. Naquele encontro, também realizado em São Paulo, participaram ainda o Diretor de Engenharia e Obras do DAEE, Paulo Roberto Nepomuceno da Silva, e o engenheiro Silvio Luiz Giudice.