in

Demitido em Monte Mor, Silvio Baccaro assume como novo secretário de Saúde em Nova Odessa

Ele fez parte do “pacotão” de servidores exonerados no início de outubro pelo prefeito Edivaldo Brischi (PSD); em setembro, o ex-secretário esteve no centro de uma polêmica envolvendo o Conselho Municipal de Saúde

tce-barra-mais-uma-licitacao-agora-para-compra-de-produtos-de-limpeza-jno
DCIM100MEDIADJI_0212.JPG
Publicidade
detran-jno

Menos de um mês após ser demitido da Prefeitura de Monte Mor, Silvio Baccaro foi anunciado nesta semana como o novo secretário de Saúde de Nova Odessa, mesmo cargo que ocupava no município vizinho, que é comandado pelo prefeito Edivaldo Brischi, do PSD, mesmo partido do colega Cláudio José Schooder, o Leitinho. Baccaro assume o lugar de Sheila Moraes, que vinha comandando a pasta de forma interina desde a saída do médico Nivaldo Luiz Rodrigues e sofria com as últimas polêmicas no principal “calcanhar de Aquiles” da administração novaodessense, principalmente em relação ao estado de conservação das ambulâncias. Nesta sexta-feira, Leitinho também exonerou a secretária de Administração, Edimara Urel. Na portaria publicada no Diário Oficial, a informação é que sua saída foi “a pedido”.

Baccaro foi exonerado da Prefeitura de Monte Mor no início do mês passado, junto com outros quatro secretários e 28 comissionados. Na ocasião, o prefeito Edivaldo Brischi Ele alegou que a minirreforma administrativa foi para atender apontamentos do Ministério Público sobre o excesso de contratação de comissionados e também para “reparar falhas cometidas por parte dos ocupantes de cargos de confiança”. O anúncio teve enorme repercussão na cidade. A alegação do prefeito foi que não ficava sabendo de muitas coisas que aconteciam na prefeitura e os documentos já chegavam prontos para ele. Sem citar nomes, disse que foram cometidas falhas. “Eu não quero, daqui para a frente, cometer alguns erros, que foram cometidos até agora”, disse Brischi, na ocasião.

Pouco tempo antes de ser exonerado do cargo, Baccaro esteve no centro de uma polêmica envolvendo a Prefeitura de Monte Mor e o Conselho Municipal de Saúde. Tudo porque o prefeito Brischi resolveu “destituir” o órgão que fiscaliza as ações na área da Saúde e nomeou Baccaro como interventor, dando poderes ao antigo funcionário para convocar novas eleições. O prefeito, contudo, teve que voltar atrás da decisão após ser alertado pelo Ministério Público sobre a irregularidade.

EDIMARA.

A outra mudança no primeiro escalão do prefeito Leitinho foi a saída da secretária de Administração, Edimara Urel. Contadora e graduanda em Direito, ela atuava no Setor Público há mais de 27 anos. Iniciou sua carreira na Prefeitura de Hortolândia, onde foi auditora fiscal efetiva por 14 anos, exercendo ainda os cargos de gerente de Fiscalização e de Tributos Mobiliários. Foi diretora do Departamento Tributário e Secretária de Finanças no município de Salto. No município de Salto de Pirapora, exerceu o cargo de secretária de Administração. Como consultora nas áreas de Finanças e Administração Pública, atuou em diversos municípios do Estado de São Paulo e do Paraná. De volta a Hortolândia, exerceu nos últimos quatro anos o cargo de secretária-adjunta de Administração.