Corredor Metropolitano recebe 171 novas árvores para melhorar qualidade ambiental em Nova Odessa

Além de Nova Odessa, foram registrados plantios em diversos municípios da RMC (Região Metropolitana de Campinas), como Valinhos, Vinhedo e Santa Bárbara d’Oeste, e de outros estados brasileiros

Oitenta e cinco pessoas ignoraram a chuva fina e participaram do plantio coletivo de mais de 170 árvores na manhã de domingo (1º), em Nova Odessa. A ação foi realizada pela Secretaria de Meio Ambiente, em parceria com o movimento Mais uma Raiz, e teve como canteiro a Avenida Ampélio Gazzetta, a maior da cidade.

O recreador infantil! Mateus Rodrigues atendeu ao chamado do projeto, desenvolvido por um grupo de jovens, e plantou um chorão. “O Mais uma Raiz me conquistou e, ao ver que a situação do nosso planeta está tão precária, eu não poderia ficar fora dessa. A sensação de fazer o bem de uma forma tão simples e verdadeira é algo que nunca saberei descrever. Sei que esse não vai ser meu único plantio de árvores”, comentou ele.

De acordo com o Mais uma Raiz, foram mais de 250 árvores plantadas em pelo menos 15 cidades do Brasil. Além de Nova Odessa, foram registrados plantios em diversos municípios da RMC (Região Metropolitana de Campinas), como Valinhos, Vinhedo e Santa Bárbara d’Oeste, e de outros estados brasileiros. “Nós fizemos nossa parte aqui em Araripina”, escreveu o pernambucano Renato Reis, em seu perfil no Instagram.

Para contabilizar o número de participantes, o movimento pediu a postagem de uma imagem do plantio acompanhada das hashtags #maisumaraiz e #sejaraiz e da marcação do perfil do movimento na rede de imagens (@maisumaraiz). “Plantamos árvores, mas também plantamos amor, amizade, respeito e cidadania! Essa foi apenas a primeira de muitas outras ações voltadas ao meio ambiente”, escreveu o Mais uma Raiz, horas após a ação.

O secretário de Meio Ambiente de Nova Odessa, Edson Barros de Souza, o “Nenê Gás”, participou do plantio e elogiou a participação da população. “Mesmo com a chuva, famílias compareceram e provaram que, juntos, podemos mudar o planeta. Vi pais com os filhos, dando exemplo e os conduzindo no caminho da cidadania. Foi lindo”, avaliou o secretário.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

A diretora de Meio Ambiente, Aryhane Massita, afirmou que a Avenida Ampélio Gazzetta foi escolhida pela necessidade de equilíbrio no local, por onde passa o Corredor Metropolitano, com ônibus de transporte coletivo e carros de várias cidades da região de Campinas. “A via tem muita emissão de gases, geração de calor e poluição. Logo, o plantio foi pensado a fim de trazer mais conforto térmico ao clima local, absorver os poluentes, reter gases de efeito estufa e realizar a infiltração da água no solo”, explicou a engenheira ambiental.

Ao todo, 171 pessoas se inscreveram para participar do plantio coletivo em Nova Odessa. Como metade dos inscritos não compareceu por conta da chuva, alguns participantes puderam plantar mais de uma árvore. Durante a ação, funcionários da Secretaria de Meio Ambiente e da Diretoria de Parques e Jardins da Prefeitura também recolheram lixo descartado incorretamente na avenida, com sacolas plásticas, copos e garrafas PET.

Também participaram do plantio a diretora de Parques e Jardins, Neide Postigo, a “Neide do Feno”, e a coordenadora do IEC (Informação, Educação e Comunicação), órgão vinculado às secretarias de Educação e Saúde, Meria Brito de Jesus.

DIAGNÓSTICO

A Secretaria de Meio Ambiente realizou ainda uma pesquisa com os participantes, que vieram de várias regiões do município, com objetivo de avaliar a arborização urbana de onde moram (praças, parques e áreas verdes) e auxiliar a secretaria no planejamento de ações que contribuam para a melhoria da qualidade de vida da população e o equilíbrio ambiental na cidade.