Com concertos itinerantes, Banda Sinfônica de Nova Odessa encanta 12 mil pessoas

Entre março e dezembro do ano passado, foram 41 concertos realizados no município

Pelo menos 12 mil pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos, assistiram a apresentações da Banda Sinfônica Municipal ‘Professor Gunars Tiss’ em 2019, segundo balanço divulgado nesta quarta-feira (12) pelo Centro Municipal de Educação Musical, órgão vinculado à Secretaria de Esportes, Cultura, Lazer e Turismo de Nova Odessa.

Entre março e dezembro do ano passado, foram 41 concertos realizados no município. A maioria deles (66%) ocorreu fora do Teatro Municipal ‘Divair Moreira’, “casa” da Banda Municipal e principal palco da cultura novaodessense. Escolas foram o principal destino dos músicos regidos pelo maestro Marcio Beltrami, representando 36,6% das apresentações. Foram 15 concertos em escolas de ensinos fundamental e médio em seis bairros.

O regente avaliou a importância do trabalho de uma das bandas mais premiadas do Estado de São Paulo para a cena cultural novaodessense. “A Banda já faz parte da vida cultural do município, pois, nesses mais de 30 anos de existência ininterruptos, sempre procurou levar o trabalho sociocultural e lazer a todas as regiões da cidade, nos mais diversos projetos e propostas musicais, atendendo a demanda específica de cada momento”, avaliou Beltrami, que está no comando do grupo desde sua formação, em 1987.

Aliás, uma das apresentações mais emblemáticas da Banda Sinfônica Municipal ocorreu no aniversário de 32 anos do grupo, celebrado com um concerto especial no dia 28 de maio, no Teatro Municipal. Outra exibição de gala aconteceu em 5 de novembro, em homenagem ao Dia Mundial do Cinema. No concerto “Cinema in Concert”, o público ouviu trilhas de grandes obras da “sétima arte” e acompanhou cenas de filmes no telão de LED do teatro.

A combinação de música, efeitos sonoros, luzes e imagens é um dos diferenciais das apresentações feitas pela Banda. “Com a inauguração do Teatro Municipal, em 2016, ampliamos o número de apresentações e conseguimos explorar outros projetos que até então não era possível realizar, em razão das possibilidades acústicas e estruturais que o teatro oferece”, explicou o maestro Marcio Beltrami.

Na Praça Central, outro importante ponto cultural da cidade, foram quatro concertos. Um deles, sem dúvida, não será esquecido pelos milhares de espectadores presentes. Na noite de 12 de dezembro, na programação do projeto “Um Sonho de Natal”, a Banda Municipal se apresentou junto com dezenas de bailarinos no espetáculo “O Quebra-Nozes”, clássico mundial criado pelo compositor russo Piotr Ilitch Tchaikovsky.

Para o diretor de Cultura e Turismo do município, Cícero Edno, ao contemplar públicos de todas idades, regiões e diferentes crenças, a Banda cumpre suas funções sociais, artísticas e vocação cultural. “A Banda Municipal é uma instituição de reserva cultural da nossa sociedade, prezando pela democratização e descentralização da cultura e promovendo o fomento e o acesso à arte a toda população”, comentou Edno.

O Secretário de Esportes, Cultura, Lazer e Turismo, Levi Tosta, destacou a perfeição das apresentações e o impacto provocado nas pessoas. “Os concertos são todos belíssimos, pensados e minuciosamente ensaiados. Impossível não se emocionar e não se encantar durante cada apresentação”, disse o secretário de Cultura.

Além dos grandes concertos, o Grupo de Metais, também conhecido como “Sexteto da Banda”, fez 13 apresentações em datas comemorativas como o Dia Internacional da Mulher, inaugurações e eventos diversos como a abertura da sétima etapa da Copa Sudeste de Kart, disputada no Kartódromo Internacional de Nova Odessa.

Publicidade