in

Com ‘atraso’, Nova Odessa inicia vacinação extra em idosos com 85 anos ou mais

Na microrregião, Paraíso do Verde foi a última cidade a iniciar reforço na imunização, assim como preconiza o Ministério da Saúde

Publicidade
detran-jno

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Nova Odessa começou nesta quinta-feira  a aplicar a terceira dose (também chamada de “D3” ou “dose adicional”) nos idosos da cidade que receberam a segunda dose (ou “dose de reforço”) há seis meses ou mais. O primeiro grupo, que está sendo convocado por telefone para receber a “D3”, é formado pelos moradores de 85 anos ou mais.

Segundo a Vigilância Epidemiológica Municipal, os idosos já com esquema vacinal inicial completo (ou seja, que receberam as duas doses inicialmente previstas) não devem ser levados ao Ginásio do Esportes do Jardim Santa Rosa em hipótese alguma.

Isto porque, para este grupo, o atendimento está sendo feito pela equipe de uma das UBSs (Unidades Básicas de Saúde), que atua como referência neste caso. A própria UBS liga para a família e informa data, horário e local da vacina extra, conforme recomendação técnicos dos órgãos de Vigilância Epidemiológica estaduais.

As ligações são feitas para os idosos através dos números de telefone informados no cadastro feito no ginásio, no sistema VaciVida do Governo do Estado. Ou seja, a ligação é feita para o mesmo número que foi informado no ato da primeira dose.

Conforme chegarem mais “grades”, ou seja, mais lotes de doses destinadas a este público, a Secretaria de Saúde vai informar gradualmente, via canais oficiais da Prefeitura, o atendimento de outras faixas etárias de idosos. A princípio, ao longo da próxima semana, a faixa etária atendida continua a ser aquela formada pelos novaodessenses de 85 anos ou mais.