Coden instala 50 novos contêineres e Nova Odessa chega a 100 unidades em 22 bairros

O número é o limite previsto no contrato firmado entre a companhia e a Pass Ambiental, empresa contratada para coleta e transporte de lixo

A Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa), responsável pelos serviços de água, esgoto e manejo de resíduos no município, concluiu na sexta-feira (4) a instalação de mais 50 contêineres para coleta de lixo doméstico na cidade. O novo lote de lixeiras, com capacidade para mil litros cada, atendeu mais 11 bairros, ampliando para 100 unidades à disposição da população em 22 bairros. O número é o limite previsto no contrato firmado entre a companhia e a Pass Ambiental, empresa contratada para coleta e transporte de lixo.

Segundo o Departamento Técnico da Coden, os novos compartimentos foram posicionados estrategicamente em praças e esquinas nos bairros Altos do Klavin, Alvorada, Campos Verdes, Europa, Fadel, Flórida, Jequitibás, Marajoara, Nossa Senhora de Fátima, Santa Rita 1 e Terra Nova. Já contavam com contêineres os bairros Bela Vista, Centro, Éden, Palmeiras, São Jorge, São Manoel, Santa Luíza I e II, Santa Rosa, Triunfo e Vila Azenha.

Bairros com histórico de lixo amontoado em calçadas, esquinas e cruzamentos, como Centro, Bela Vista, Santa Rosa e Vila Azenha, concentram a maior parte dos equipamentos, segundo a Coden. “Reforçamos o pedido para que as pessoas não depositem o lixo na rua. Essa atitude pode causar acidentes de trânsito, além de gerar problemas ambientais e de saúde pública. Os resíduos devem ser colocados na lixeira das residências ou nos contêineres”, reitera o gerente técnico operacional da Coden, Rean Sobrinho.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

Ele enfatiza que os recipientes são destinados, exclusivamente, ao descarte de lixo doméstico. “Basicamente, a finalidade dos contêineres é auxiliar o morador que não tem lixeira em casa, garantindo a segurança e a limpeza das vias públicas, e agilizar o serviço de coleta. Por isso, as pessoas não devem utilizá-los para depositar nada que não colocariam em suas lixeiras, como restos de construção e móveis velhos”, diz Sobrinho.

O monitoramento do uso e das condições dos 100 contêineres, que são higienizados periodicamente, é feito por fiscais do Setor de Coleta de Resíduos Sólidos da Coden, com suporte da Pass Ambiental. A companhia informa que continuará avaliando a adesão dos moradores e a necessidade de eventuais remanejamentos.
Previstos no contrato assinado com a Pass Ambiental, os contêineres começaram a ser implementados em maio. Inicialmente, 35 foram foram instalados. Na segunda fase do processo de expansão, o município passou a contar com 50 unidades. O objetivo da Coden, que assumiu a responsabilidade pelo serviço em janeiro, é organizar a coleta e contribuir para a preservação do meio ambiente, prevenir a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya e tornar a cidade mais limpa.