Coden inicia troca de mais 6,2 km da rede de água de Nova Odessa nesta terça

A obra prevê ainda a troca de 1.298 ligações domiciliares e a implantação de 1,4 mil metros em trechos novos do bairro, ainda sem cobertura

A Cadre Engenharia Ltda. inicia nesta terça-feira (1º) a substituição de 6,2 quilômetros da rede de distribuição de água do Jardim Santa Rosa. A empresa foi contratada pela Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa), por meio de licitação. O prazo de conclusão é de seis meses. A intervenção receberá investimento de R$ 3,2 milhões e contará com recursos provenientes da cobrança pelo uso da água, liberados pela Fundação Agência de Bacias PCJ (rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí).

A obra prevê ainda a troca de 1.298 ligações domiciliares e a implantação de 1,4 mil metros em trechos novos do bairro, ainda sem cobertura. A rede antiga, instalada há mais de 50 anos, dará lugar a tubos de PEAD (Polietileno de Alta Densidade), material de maior durabilidade, com garantia de 100 anos. Serão contempladas 21 ruas do bairro, entre as ruas XV de Novembro e Azil Martins, beneficiando aproximadamente 50% da população do bairro. A outra metade foi atendida em 2015, quando a Coden trocou toda a tubulação do Jardim Bela Vista. Na ocasião, foram investidos R$ 4.110.093,60.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

A intervenção foi orçada em R$ 3.220.000. Desse total, R$ 2.456.023,02 são provenientes da cobrança pelo uso da água em rios de domínio da União e do Estado de São Paulo (PCJ Federal e Paulista), compensação financeira/royalties do setor hidrelétrico (Fehidro) e R$ 763.976,98 de contrapartida da Coden. A cobrança pelo uso da água é gerenciada pela Fundação Agência das Bacias PCJ, cuja decisão de distribuição é feita pelos Comitês PCJ.

De acordo com a Coden, a obra é mais um passo importante do município no combate às perdas de água tratada na rede de distribuição. Nos últimos seis anos, a companhia substituiu mais de 50 quilômetros de tubos antigos. Como resultado, o índice de perdas caiu de 45,1% em 2012 para 26% em 2018. Nos bairros Capuava e Alvorada, onde as obras estão em fase de conclusão, foram instalados 12,3 quilômetros de tubos de PEAD, além de 765 ligações domiciliares. O investimento total foi de R$ 5,119 milhões.