in

Carol Moura afirma que continuará contribuindo com Nova Odessa

“Eu deixo o cargo de vereadora com a sensação de dever cumprido”

jno
Publicidade
detran-jno

No último sábado (27), Carolina de Oliveira Moura, a Carol Moura, renunciou ao mandato de vereadora pelo qual foi eleita em 2016 e vinha exercendo no partido Podemos. Alegando razões de “cunho estritamente pessoal”, Carol deixa o cargo público e faz uma avaliação dos trabalhos realizados, mas garante que pretende continuar colaborando com o município no que estiver ao seu alcance de munícipe.

Através de um ofício protocolado ela renunciou ao mandato de modo oficial. Candidata a prefeita pelo PMN em 2012, ela obteve 3.627 votos na ocasião. Depois, em 2016, concorreu a vereadora pelo PTN e se elegeu com 670 votos. Ao longo do período na vereança, Carol Moura protocolou um total de 314 proposituras, entre Indicações (60), Moções (22), Requerimentos (213) e Projetos de Lei (19).

Sua atuação no Poder Legislativo obteve a aprovação de projetos como o que tornou obrigatório o atendimento prioritário às pessoas portadoras de fibromialgia e determina a inclusão do símbolo mundial em placas ou avisos de atendimento de prioridade no município. O objetivo é oferecer um diferencial na qualidade de vida das pessoas que sofrem com o problema crônico.

“Fizemos abaixo-assinado e ajudamos Nova Odessa a ter uma unidade do Corpo de Bombeiros Voluntários, em trabalho conjunto com o vereador Poneis (Avelino Xavier Alves)”, lembra Carol Moura. Bacharel em Direito e empresária, ela afirma que colaborou de diversas maneiras no mandato. “Tem muita coisa que a gente acaba ajudando sem passar oficialmente por protocolos na Câmara”, frisa.

RECURSOS

Carol cita como ‘carrochefe’ de sua atuação parlamentar a ida a Brasília, várias vezes e por meios próprios, para conversar com lideranças políticas nacionais e obter recursos através de emendas ao município. Em março passado, a então vereadora conquistou R$ 408 mil em recursos de emendas apresentadas por deputados federais ao Orçamento Geral da União (OGU).

A verba foi conseguida com quatro parlamentares, de partidos diferentes, atendendo aos pedidos de Carol Moura para o Setor de Saúde. “É importante buscarmos ajudar o município dessa maneira”, defende Carol. “Os recursos municipais são bastante limitados e a Saúde é a área que mais necessita de verbas para equipamentos e insumos”, destaca. Os recursos foram destinados pelo deputado Capitão Augusto (PL), R$ 50 mil, Philippe de Orleans e Bragança (PSL), R$ 50 mil, Luiz Flávio Gomes (PSB), R$ 100 mil, e Alexis Fonteyne (Novo), R$ 208 mil. Podem ser usados para a aquisição de veículos e equipamentos na Saúde Municipal, sendo R$ R$ 208 mil referentes a MAC (Média e Alta Complexidade) e R$ 200 mil do PAB (Piso da Atenção Básica). Anteriormente, Carol conseguiu uma emenda no valor de R$ 100 mil com o deputado federal Pedro Kaká (Podemos), utilizada para a aquisição de uma ambulância. E com a deputada federal Renata Abreu, também do partido Podemos, obteve R$ 100 mil para o Hospital Municipal. “Os vereadores devem buscar recursos ao município. Levar as demandas da cidade a Brasília”, acrescenta.

SECRETÁRIA

Carol Moura também foi secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, entre agosto de 2018 e fevereiro de 2019, período no qual se licenciou da Câmara. Um dos projetos desenvolvidos na pasta foi o ‘Zap Emprega Nova Odessa’, que disponibilizava um número através do aplicativo WhatsApp para o envio de currículos pela população e o encaminhamento aos empregadores. “Pra se ter uma ideia da demanda, em três dias apenas do programa foram mais de 1.500 candidatos para vagas de trabalho que procuraram a Secretaria de Desenvolvimento Econômico em três dias” recorda.

O serviço funcionou através de uma lista de transmissão, para a qual a pessoa previamente cadastrada passava a receber ofertas do PLT (Posto Local de Trabalho). Enquanto secretária, Carol Moura também destaca iniciativas como o ‘Banco de Talentos’, utilizado por empresas que pediam indicação de profissionais. Além disso, foi dado prosseguimento ao Prodeno (Programa de Desenvolvimento de Nova Odessa), que proporciona benefícios fiscais como contrapartida pela instalação de empresas e indústrias no município.

“Em nossa época ainda tivemos um aumento grande nos financiamentos através da agência Desenvolve SP”, ressalta. “Foram mais de 3 milhões de reais investidos em micro e pequenas empresas de Nova Odessa no período, beneficiando o empreendedorismo local”, reforça Carol.

A Desenvolve SP atua como agência de fomento do Governo do Estado e libera recursos pelo Banco do Povo. “Eu deixo o cargo de vereadora com a sensação de dever cumprido. Procurei colaborar com a política da maneira que estava ao meu alcance e dentro das limitações legais do cargo, que são muitos”, pondera Carol Moura. “Independente de qualquer coisa, as pessoas podem continuar a me procurar que ajudarei no que for possível enquanto cidadã”, completa