in

Carla Lucena pede a aceitação de foto ou criação de ‘e-cartão da Saúde’

Medida visa facilitar a vida dos usuários com uma foto do cartão do Ambulatório no celular ou em outro equipamento eletrônico

????????????????????????????????????

De olho nas facilidades da tecnologia, a vereadora e presidente da Câmara de Nova Odessa, Carla Lucena (PSDB), protocolou um requerimento no qual sugere a possibilidade de implantação de um e-cartão, um cartão virtual, de identificação da Secretaria de Saúde. Segundo ela, atualmente, para os serviços é necessária a apresentação do cartão de identificação e agendamento – Cartão Ambulatório. O documento pode ser apresentado no formato original, ou através de cópia impressa, não sendo aceita a imagem reproduzida no aparelho celular.

“Vejo que a não aceitação da imagem do cartão reproduzida em uma fotografia no celular não condiz com a realidade, uma vez que os aparelhos celulares estão ganhando múltiplas funções e substituindo vários equipamentos. A aceitação de um e-cartão da Saúde seria bem como já acontece com a Carteira Nacional de Habilitação Digital, o E-Título, os cartões de crédito, entre outros documentos que temos nos celulares e tablets. Temos que ajudar a facilitar a vida das pessoas”, concluiu a presidente.

Carla argumenta que além do aspecto sustentável, a medida traria impacto financeiro positivo bem como na economia com a emissão de segundas vias de cartões extraviados, com o suprimentos de impressora, aquisição de equipamentos para a impressão dos documentos e consumo de energia, entre outros.

Publicidade
dom-bosco-jno

“Já para o usuário, o ganho seria no tempo e na comodidade já que a maioria das pessoas está sempre com o celular em mãos, e assim, teria a vida facilitada com o documento fotografado em seu aparelho. Basta pedir juntamente a foto da carteirinha a apresentação de um documento original com foto da pessoa para comprovar sua autenticidade. Simples assim”, explicou a chefe do legislativo.

O requerimento foi discutido na 37ª Sessão Ordinária, no Plenário da Câmara, ontem. As sessões são abertas a população e também podem ser acompanhadas ao vivo pelo site www.camaranovaodessa.sp.gov.br .