in

Câmara de Nova Odessa programa a volta do acesso aos gabinetes em 3 de novembro

Reunida, a Mesa Diretora do Poder Legislativo decidiu pela volta com protocolos sanitários

camara-de-nova-odessa-volta-a-realizar-sessoes-completas-na-proxima-semana-jno

A Mesa Diretora da Câmara de Nova Odessa decidiu, em reunião realizada por videoconferência, que haverá a reabertura do atendimento presencial do público e do acesso aos gabinetes dos vereadores a partir do dia 3 de novembro. O Poder Legislativo irá adotar medidas conforme protocolos estabelecidos pela Diretoria de Vigilância em Saúde, para minimizar o contato social e os riscos de contágio pelo novo coronavírus (Covid-19).

A ação é planejada alguns dias após o avanço da Região de Saúde de Campinas, que abrange Nova Odessa e outros 41 municípios, para a ‘fase verde’ do Plano São Paulo de Enfrentamento ao Coronavírus e Retomada Consciente da Economia, do Governo do Estado. A decisão leva em conta a estabilidade de evolução da pandemia, que resultou em índices menores de ocupação de leitos de UTIs (Unidades de Terapua Intensiva) por pacientes em estado grave. Além do presidente Vagner Barilon (PSDB), a Mesa Diretora da Câmara Municipal é composta pelos vereadores Tiago Lobo (PV) e Sebastião Gomes dos Santos, o Tiãozinho do Klavin (PSDB).

Com relação à reabertura dos gabinetes, foi determinado que a Secretaria Administrativa irá levantar os materiais necessários para a retomada segura, conforme normas da Vigilância Sanitária, incluindo a aquisição de totem de álcool gel 70% e termômetro infravermelho, entre outros. Também houve o agendamento de nova reunião da Mesa Diretora, desta vez para deliberar a respeito da retomada segura das sessões presenciais, a ser realizada no dia 6 de novembro. A Câmara ainda definiu pela manutenção do afastamento remunerado dos servidores idosos das suas atividades laborais, quando não for possível o regime de trabalho remoto.

A ideia é continuar preservando a saúde dos funcionários com o distanciamento físico das pessoas. Colaborando com as medidas adotadas pelo município no enfrentamento ao coronavírus, a Câmara de Nova Odessa havia suspendido o funcionamento dos gabinetes dos vereadores e o acesso do público externo. Durante a pandemia, os legisladores municipais têm se reunido através de videoconferência, com uso do programa gratuito Skype, para manter a discussão e votação normal de requerimentos, moções e projetos de lei. Os servidores do Legislativo estão trabalhando em sistema de rodízio, com a escala organizada pela Diretoria Geral, inclusive sendo adotada a realização de atividades por trabalho remoto (home office). Os ocupantes de cargos em comissão têm se alternado entre as atividades presenciais e aquelas por teletrabalho. E internamente foi aumentada a frequência de limpeza de todas as dependências, como forma de dificultar a disseminação do vírus no ambiente interno.

A economia de recursos públicos foi outro fator levado em conta durante o fechamento da Câmara. Para se ter ideia, entre 27 de abril e 19 de outubro deste ano em relação ao mesmo período em 2019, houve redução de 13,49% no gasto com água e esgoto, além de 16,82% em energia elétrica e 39,60% com as transmissões feitas de modo virtual. “As sessões à distância mantêm as discussões e votação dos projetos mais pertinentes”, defende o presidente Vagner Barilon. “Dessa maneira estamos preservando a saúde dos vereadores, dos funcionários e de todos os visitantes da Câmara através das medidas sanitárias e administrativas adotadas durante a pandemia”, reforça.

“Agora serão feitas ações para a reabertura segura”, completa Barilon. A população de Nova Odessa pode acompanhar as sessões através de transmissões ao vivo pelo site oficial, a página no Facebook e canal no Youtube do Poder Legislativo.