in

Associação Comercial alerta a população para golpes com correspondência falsa

As duas últimas vítimas do golpe são moradoras do bairro Santa Rita, em Nova Odessa.

A Associação Comercial e Empresarial de Nova Odessa está alertando a população novaodessense sobre um golpe que vem sendo aplicado na cidade. “Munícipes de Nova Odessa devem ficar atentos para não serem vítimas do chamado ‘Golpe do Cartório’”, alertou o presidente da ACINO (Associação Comercial e Industrial de Nova Odessa), Claudinei da Silva.

O golpe consiste na entrega, em mãos, de uma carta do 2º Cartório de Registro Civil e Tabelionato de Notas de Campinas. Após a entrega, o suposto representante do cartório solicita que a vítima passe o número do RG e CPF para atestar o recebimento da correspondência.

Só nas últimas semanas, quatro boletins de ocorrência, com situações semelhantes, foram registrados na Delegacia de Nova Odessa. Uma das vítimas, relatou que o golpista alegou que era um funcionário terceirizado dos Correios e que para fazer a entrega da correspondência era necessário anotar seus dados pessoais.

Outra vítima informou que um cartão de supermercado foi feito em seu nome sem sua autorização ou conhecimento.

Publicidade
lote-racanto-das-aguas-1

Na correspondência, consta apenas um aviso que a pessoa deve procurar o cartório para assuntos de seu interesse e um número de telefone. Além da inexistência do cartório, o número de telefone informado só dá ocupado.

De acordo com um atendente do Cartório de Nova Odessa, a correspondência que é entrega às vítimas é muito mal feita. “A carta está escrita e impressa de maneira muito grosseira. Não posso afirmar, mas no meu entendimento é falsa”, contou um dos atendentes do Cartório Oficial de Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelião de Notas, de Nova Odessa. Várias pessoas procuraram a repartição e relataram situações parecidas.

O munícipe que passar pelo golpe deve registrar um boletim de ocorrência na Delegacia do munícipio e informar a ACINO (Associação Comercial e Industrial de Nova Odessa). “A associação emite um alerta de documento, caso alguém tente realizar uma operação (compra, abertura de contas, financiamentos, empréstimos, etc) o comerciante que fez a pesquisa de crédito será informado da possível fraude”, informou o presidente da ACINO. As duas últimas vítimas do golpe são moradoras do bairro Santa Rita, em Nova Odessa.