in

Associação Comercial alerta a população para golpes com correspondência falsa

As duas últimas vítimas do golpe são moradoras do bairro Santa Rita, em Nova Odessa.

A Associação Comercial e Empresarial de Nova Odessa está alertando a população novaodessense sobre um golpe que vem sendo aplicado na cidade. “Munícipes de Nova Odessa devem ficar atentos para não serem vítimas do chamado ‘Golpe do Cartório’”, alertou o presidente da ACINO (Associação Comercial e Industrial de Nova Odessa), Claudinei da Silva.

O golpe consiste na entrega, em mãos, de uma carta do 2º Cartório de Registro Civil e Tabelionato de Notas de Campinas. Após a entrega, o suposto representante do cartório solicita que a vítima passe o número do RG e CPF para atestar o recebimento da correspondência.

Só nas últimas semanas, quatro boletins de ocorrência, com situações semelhantes, foram registrados na Delegacia de Nova Odessa. Uma das vítimas, relatou que o golpista alegou que era um funcionário terceirizado dos Correios e que para fazer a entrega da correspondência era necessário anotar seus dados pessoais.

Outra vítima informou que um cartão de supermercado foi feito em seu nome sem sua autorização ou conhecimento.

Na correspondência, consta apenas um aviso que a pessoa deve procurar o cartório para assuntos de seu interesse e um número de telefone. Além da inexistência do cartório, o número de telefone informado só dá ocupado.

Publicidade
maverick-ar_condicionado

De acordo com um atendente do Cartório de Nova Odessa, a correspondência que é entrega às vítimas é muito mal feita. “A carta está escrita e impressa de maneira muito grosseira. Não posso afirmar, mas no meu entendimento é falsa”, contou um dos atendentes do Cartório Oficial de Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelião de Notas, de Nova Odessa. Várias pessoas procuraram a repartição e relataram situações parecidas.

O munícipe que passar pelo golpe deve registrar um boletim de ocorrência na Delegacia do munícipio e informar a ACINO (Associação Comercial e Industrial de Nova Odessa). “A associação emite um alerta de documento, caso alguém tente realizar uma operação (compra, abertura de contas, financiamentos, empréstimos, etc) o comerciante que fez a pesquisa de crédito será informado da possível fraude”, informou o presidente da ACINO. As duas últimas vítimas do golpe são moradoras do bairro Santa Rita, em Nova Odessa.

  • Isabella Uliani – isabellauliani@jno.com.br