Após seis anos, Nova Odessa volta ao Mapa do Turismo Brasileiro

É a segunda vez que o Paraíso do Verde integra o mapa. A primeira inserção ocorreu em 2013, na primeira versão da plataforma

Nova Odessa está entre as 2.694 cidades do país que compõem o Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021, divulgado pelo Ministério do Turismo. O município, apontado em pesquisas regionais e nacionais como um dos melhores do Brasil em desenvolvimento e qualidade de vida, aparece na região turística “Bem Viver” do roteiro e foi enquadrado na categoria “C”, que reúne as localidades com foco no turismo empresarial.

É a segunda vez que o Paraíso do Verde integra o mapa. A primeira inserção ocorreu em 2013, na primeira versão da plataforma. A ferramenta, que divide os municípios em 333 regiões turísticas categorizados de “A” a “E”, foi criada para o acompanhamento do desempenho das economias turísticas locais e direcionamento de investimentos em áreas como infraestrutura turística, qualificação profissional e promoção dos destinos.

O diretor de Cultura e Turismo, Cícero Edno, explicou que a ausência do município nas últimas duas edições do mapa (2016 e 2017) ocorreu em função da necessidade de adaptação aos novos critérios estabelecidos pelo governo federal. “Com o empenho de técnicos da Secretaria de Esportes, Cultura, Lazer e Turismo e da secretária de Finanças e Planejamento, Mara Kilmeyers, inserimos o turismo no orçamento do município e envolvemos a sociedade na elaboração do Plano Municipal de Turismo, que traz diretrizes para o desenvolvimento do setor nos próximos dez anos. Para isso, contamos com suporte de Campinas e Estiva Gerbi, eleito pelo Ministério do Turismo como nosso interlocutor. Encaminhamos toda a documentação exigida e fomos reinseridos no mapa”, explicou Edno.

Com a inclusão, o município volta a fazer parte do grupo prioritário de cidades brasileiras para receber investimentos no setor, por meio de programas do ministério. “A reinserção de Nova Odessa no Mapa do Turismo Brasileiro ratifica nosso grande potencial para o turismo. Temos o maior jardim botânico da América Latina, centros de pesquisa, polo industrial forte, localização privilegiada e estamos investindo muito em obras e ações para deixar a cidade cada vez mais bonita, funcional e aconchegante para nossa população e para todos que nos visitam”, afirmou o prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

Para o secretário de Esportes, Cultura, Lazer e Turismo, Levi Tosta, a exposição na plataforma vai potencializar o turismo na cidade. “Temos pontos turísticos como o Jardim Botânico Plantarum e o kartódromo e um amplo calendário de eventos culturais e esportivos que trazem muita gente ao município o ano todo. Além de habilitar Nova odessa a receber investimentos, a inclusão no Mapa do Turismo Brasileiro vai aumentar nossa visibilidade e, consequentemente, o número de visitantes”, avaliou Tosta.

De acordo com o levantamento divulgado pelo Ministério do Turismo, o município registrou fluxo de 41.116 visitantes domésticos e 575 internacionais, conta com quatro estabelecimentos turísticos que geram 41 empregos diretos.

A presença na plataforma também garante a Nova Odessa a emissão de um certificado digital que comprova que o município está inserido no mapa e faz parte do rol de 2.694 destinos brasileiros que trabalham o turismo como política de desenvolvimento e geração de emprego e renda. O Mapa do Turismo 2019-2021 pode ser consultado no site do ministério – www.mapa.turismo.gov.br.

BOA PRA VIVER

Nova Odessa está entre as melhores cidades do Brasil para viver, conforme estudos divulgados recentemente. Pesquisa divulgada pelo Instituto Indsat (Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos) mostra que o município garantiu, mais uma vez, “Alto Grau de Satisfação” em qualidade de vida. A cidade também aparece entre em destaque em levantamentos realizados pela Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) e pela revista “Exame”.