in

Após indicação reparos são feitos em ruas do pós-Anhanguera

Pôneis solicitou que os reparos fossem feitos, principalmente, nas ruas Rio Capivari e Rio Atibaia

Em atendimento a solicitações de moradores do bairro Chácaras Recreio Represa, Acapulco e Las Palmas, o vereador Avelino Xavier Alves, o Pôneis (PSDB), reivindicou à Prefeitura de Nova Odessa, a execução de reparos na pavimentação asfáltica nos bairros pós-Anhanguera.
A solicitação, endereçada ao Poder Executivo, foi feita por meio de indicação, após o vereador ter sido procurado por moradores do bairro que estavam descontentes com as condições das vias.
Pôneis solicitou que os reparos fossem feitos, principalmente, nas ruas Rio Capivari e Rio Atibaia. O legislador destacou que são constantes as reclamações sobre as condições do pavimento. “Nosso gabinete recebe muitas reclamações a esse respeito”, contou o legislador.

ATENDIDO
E na manhã de ontem, dia 26, o vereador ressaltou que os reparos estão sendo feitos após o pedido de seu gabinete junto ao Executivo. “Passei no bairro e constatei que os reparos já estão sendo feitos conforme pedido”, relatou Pôneis.
De acordo com informações da assessoria de comunicação da Prefeitura de Nova Odessa, os reparos terminam nos próximos dias. “A Diretoria de Serviços Urbanos está realizando obras para melhorias no tráfego, entre elas nivelando as ruas e jogando pedras nos pontos mais críticos. A expectativa é que as obras sejam concluídas nos próximos dias”, finalizou a nota.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

REIVINDICAÇÃO
Na sessão ordinária do último dia 19, um morador do bairro Acapulco exibiu no plenário da Câmara de Nova Odessa uma faixa com os seguintes dizeres: “Sou munícipe de Nova Odessa o meu IPTU é um dos mais caros do município e o meu bairro não tem direito a transporte público, até quando?” questionou o munícipe.
E atendendo a solicitação do municipe, Pôneis protocolou na Câmara, uma indicação que solicita da administração municipal informações sobre a falta de transporte do bairro. “Espero que alguma coisa possa ser feita para atender as necessidades dos moradores destes bairros mais afastados, mas eu entendo que, isso precisa ser estudado, porque não é viável um ônibus passar para pegar apenas três pessoas”, disse o vereador.