in

Anunciada com pompa, construção de nova represa é descartada

Coden informou nesta sexta-feira, seis meses após o anúncio feito pelo prefeito Leitinho, que local previsto – entre os bairros São Manoel e Maria Helena – não possui viabilidade técnica

anunciada-com-pompa-construcao-de-nova-represa-e-descartada-jno
Segundo a Coden, a sondagem realizada por empresa especializada constatou um solo de baixa resistência para suportar a carga da represa
Publicidade
detran-jno

Anunciada com toda pompa e circunstância em maio deste ano pelo prefeito Cláudio José Schooder, o Leitinho (PSD), a construção de uma nova represa foi descartada nesta sexta-feira pela Coden Ambiental, empresa responsável pela captação, tratamento e distribuição de água em Nova Odessa. Em nota, a empresa de economia mista informou que o local previamente escolhido para o reservatório – entre os bairros São Manoel e Maria Helena, entre as avenidas Fioravante Martins e Ampélio Gazzetta – não possui viabilidade técnica, isso, seis meses depois do anúncio feito por Leitinho.

A construção da represa foi uma das principais promessas de campanha e o resultado do estudo pode ser considerado um grande revés para o atual prefeito.

Segundo a Coden, a sondagem realizada por empresa especializada constatou um solo de baixa resistência para suportar a carga da represa, ficando a continuidade do projeto atrelada a altos investimentos na troca do solo e na instalação de estacas de concreto e pedra. Essa estratégia elevaria o custo da obra de R$ 3,5 milhões para, aproximadamente, R$ 25 milhões.

Além do encarecimento, o ganho hídrico também se mostrou abaixo da expectativa da área técnica da Coden, que contava com um acréscimo de 15% a 20% no volume total de água bruta reservada do município, calculado em 2,5 milhões de metros cúbicos.

“A Coden Ambiental e a Prefeitura de Nova Odessa optaram pela avaliação de novos locais que apresentem potencial para a construção da obra. Em paralelo, a empresa também está contratando um Plano Hídrico para o apontamento de soluções que aumentem o abastecimento de água do município”, trouxe nota encaminhada à imprensa pela Coden.