Adolescente de 14 anos inventa estupro

Ela ainda relatou que não se lembrava o que tinha passado durante o período em que esteve desacordada

A Polícia Civil de Nova Odessa, após investigação, confirmou que o caso de estupro envolvendo uma adolescente de 14 anos na última sexta-feira, dia 2, não ocorreu como relatado pela jovem. Inicialmente, a adolescente contou que perdeu a consciência após ter sido abordada por um homem desconhecido, e só acordou horas depois em um matagal. Ela ainda relatou que não se lembrava o que tinha passado durante o período em que esteve desacordada.

A verdade veio à tona, após os responsáveis da garota relatarem para os investigadores que, a menina contou que havia passado a manhã na casa de um adolescente de 16 anos e que fez sexo consensual com ele, enquanto os pais do garoto não estavam no imóvel.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

Ainda segundo as informações, a adolescente inventou o suposto estupro para justificar a ausência na escola. Ela chegou a passar por exames e a tomar o coquetel de medicamentos para evitar a contaminação por doenças sexualmente transmissíveis. O inquérito policial foi concluído e será encaminhado à Justiça. A menina deve responder por ato infracional por falsa comunicação de crime.