in

Ações do Consimares são destacadas em livro

Publicação histórica traz experiências de sucesso na área de saneamento básico

Os projetos desenvolvidos pelo Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos) foram registrados em uma publicação histórica da Assemae (Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento) sobre as experiências de sucesso de diferentes municípios brasileiros relacionadas ao saneamento básico. Presidido pelo prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza, o consórcio, que abrange sete cidades e tem sua sede em Nova Odessa, foi convidado a integrar o projeto por conta dos relevantes estudos realizados sobre o tema.
Em sua primeira edição, o livro “Experiências Municipais Exitosas em Saneamento – 2017” relata 31 casos de sucesso de ações positivas voltadas para a saúde e a qualidade de vida por meio do saneamento em todo País. O lançamento do livro foi feito durante o 47º Congresso da Assemae, em junho.
Presidente do Consimares, o prefeito Bill, que também preside atualmente o Consórcio PCJ (Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rio Piracicaba, Capivari e Jundiaí), afirmou que a publicação é o reconhecimento de um amplo trabalho desenvolvido junto aos municípios consorciados. “Ficamos felizes em estar neste projeto da Assemae e seguiremos com nossos estudos e ações buscando uma região mais sustentável”, disse.
Diretor superintendente do Consimares, o engenheiro agrônomo Valdemir Aparecido Ravagnani afirmou que a publicação recebeu a inscrição de mais de dois mil projetos e, destes, 31 foram convidados a integrar o projeto. “Temos desenvolvido, nos últimos anos, diferentes ações voltadas para a sustentabilidade e é bom ver que estes projetos estão, agora, sendo compartilhados com gestores e empresas de outras cidades e estados”, afirmou. O consórcio conta ainda com secretaria executiva do economista e administrador Fábio Chagas Orsi.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

ESTUDOS
A publicação destaca que o Consimares desenvolve uma ação regional com objetivo de promover a gestão integrada dos resíduos sólidos urbanos em Nova Odessa, Sumaré, Hortolândia, Santa Bárbara d’Oeste e Monte Mor – que integram a RMC (Região Metropolitana de Campinas) – e também Elias Fausto e Capivari, abrangendo uma população de 1,07 milhão de habitantes e responsável pela geração de 750 toneladas de resíduos sólidos domésticos (RSD) por dia.
A obra cita ainda que em oito anos de atuação, o Consimares se destaca por ter desenvolvido importantes estudos em parceria com entidades conceituadas, que dão as diretrizes para o descarte consciente e soluções para a destinação de resíduos sólidos. Entre os trabalhos estão o Estudo de Concepção para Gestão de Resíduos Sólidos – desenvolvido junto a empresa Humanizar Consultoria – que busca uma análise minuciosa do descarte dos resíduos nas cidades de abrangência do consórcio e possíveis soluções para minimização dos impactos desta prática.
O Consimares é responsável também pelo projeto de Gestão Integrada e Consorciada de Resíduos Sólidos – ação que envolve a Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais) e a Global Methane Iniciative (Iniciativa Global para o Metano, em português) -, e que tem como objetivo criar um quadro voluntário de cooperação internacional para reduzir as emissões antropogênicas de metano e promover sua recuperação e utilização como fonte valiosa de energia limpa.
“Temos desenvolvido, através do Consimares, uma série de ações voltadas para a conscientização da população sobre o descarte dos resíduos sólidos e seu impacto ambiental. Todos estamos envolvidos nesta importante causa”, relatou Bill.
Ravagnani lembrou também que, além dos estudos – que nortearão futuros projetos relacionados aos resíduos sólidos urbanos -, através do Consimares as cidades consorciadas receberam equipamentos para conscientização da população sobre a importância do descarte correto como implantação de ecopontos, LEVs (Locais de Entrega Voluntária), PEVs (Pontos de Entrega Voluntária) e instalação de lixeiras papeleiras, entre outras ações.
Das 31 experiências relatadas na publicação, apenas duas são realizadas por consórcios. “É mais um reconhecimento que recebemos e que mostra que estamos no caminho certo”, disse Bill. Além do Consimares, o livro retrata ações do consórcio Simae, de Santa Catarina e também os projetos desenvolvidos em Araraquara (SP), Blumenau (SC), Brasília (DF), Cacoal (RO), Campinas (SP), Campo Maior (PI), Caxias do Sul (RS), Caxias (MA), Ibiporã (PR), Itabirito (MG), Itaúna (MG), Ituiutaba (MG), Jaboticabal (SP), Jaraguá do Sul (SC), Jundiaí (SP), Jussara (PR), Lucas do Rio Verde (MT), Marechal Cândido Rondon (PR), Novo Hamburgo (RS), Penápolis (SP), Poços de Caldas (MG), Porto Alegre (RS), Rondonópolis (MT), Santo André (SP), São José do Rio Preto (SP), São Lourenço (MG), Uberaba (MG), Uberlândia (MG) e Volta Redonda (RJ).