Acidentes de trânsito têm aumento de 42,1% nos cinco primeiros meses

Entre janeiro e maio deste ano, Nova Odessa registrou 81 ocorrências, contra 57 no mesmo período de 2020; 84% delas aconteceram em vias municipais, de acordo com o Infosiga-SP

acidentes-de-transito-tem-aumento-de-421-nos-cinco-primeiros-meses-jno
Publicidade
detran-jno

Nova Odessa viu crescer em 42,1% o número de acidentes de trânsito não fatais nos cinco primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período de 2020. De acordo com dados divulgados pelo Infosiga – banco de dados que reúne informações de acidentes de diversas fontes, como Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal – entre janeiro e maio de 2021, a cidade registrou 81 ocorrências, contra 57 nos 150 primeiros dias do ano passado. Por outro lado, nenhuma morte causada por acidente de trânsito foi registrada no município neste ano.

Segundo o Infosiga, fevereiro foi o mês de 2021 com maior número de acidentes de trânsito: 21 no total, seguido por março (15), abril e maio (12 cada) e janeiro (11 ocorrências). O banco de dados mostra que 84% dos acidentes em Nova Odessa aconteceram em vias municipais e a maior incidência foi nas tardes de sábado (7 acidentes); noites de domingo (5) e noites de sexta-feira (5). Ao todo, foram contabilizadas 27 colisões, 13 choques, 6 atropelamentos e 7 ocorrências classificadas como “outros acidentes”.

Já em relação ao mesmo período do ano passado, o mês de março foi o “vilão” com 14 dos 57 acidentes, seguido por maio (13), fevereiro (11), janeiro (10) e abril (9). Foram 19 colisões, 6 choques, 1 atropelamento e 5 “outros acidentes”, com 70% deles acontecendo em vias municipais e 24,5% em rodovias. Nova Odessa fechou 2020 com quatro mortes em três acidentes distintos.

Gerido pela Secretaria de Governo por meio do Detran.SP, envolve as secretarias de Comunicação, Educação, Segurança Pública, Saúde, Logística e Transportes, Transportes Metropolitanos, Desenvolvimento Regional, Desenvolvimento Econômico e Direitos da Pessoa com Deficiência, o Programa “Respeito à Vida” é responsável pela gestão do Infosiga SP, sistema pioneiro no Brasil, que publica mensalmente estatísticas sobre acidentes com vítimas de trânsito nos 645 municípios do Estado.

O programa mobiliza a sociedade civil por meio de parcerias com empresas e associações do setor privado, além de entidades do terceiro setor, promovendo intervenções preventivas educativas. Em outra frente, promove convênios com municípios para a realização de intervenções de Engenharia de Trânsito e também em ações de educação e fiscalização.

 

OUTRO LADO
Procurada para comentar o aumento no número de acidentes de trânsito nos cinco primeiros meses deste ano, a prefeitura informou que, numa análise preliminar dos dados do Infosiga, o aumento do número de acidentes parece ser um fenômeno regional, com raras exceções, afetando também cidades como Americana e Santa Bárbara d’Oeste, sendo aparentemente causado pela própria retomada das atividades econômicas no segundo bimestre deste ano (em diante), na comparação direta com o segundo bimestre de 2020, que foi o período de maior isolamento social e desaceleração da atividades econômica no início da pandemia, quando as ruas das cidades ficarem realmente “desertas”.
Há claramente um maior volume de veículos e pessoas em circulação em março, abril e maio deste ano, na comparação com os mesmos meses de 2020, incluindo a maior circulação de motocicletas (em função do aumento dos serviços de delivery e do maior número de trabalhadores na área).
O Setor de Trânsito está analisando as informações para um relatório mais detalhado das causas e medidas que poderão ser tomadas nos próximos meses visando a redução destes índices.