in

O jubileu de prata de Murilo Rosa

O ator está comemorando 25 anos de carreira artística agradecendo aos personagens que interpretou ao longo de sua trajetória

Murilo Rosa comemora em grande estilo os seus 25 anos de carreira. O ator faz questão de lembrar todos os personagens que viveu em sua trajetória e agradece pelo aprendizado que cada um deles lhe proporcionou. Um dos flagrantes da novela “Orgulho e Paixão”: Agatha Moreira e Murilo Rosa, na pele de seus personagens Ema e Jorge

Já faz tempo de Murilo Rosa figura na lista dos principais artistas da dramaturgia brasileira. Atualmente, ele interpreta o Jorge, na novela “Orgulho e Paixão”, mas ele mantém vivos em sua memória todos os personagens já vividos, ao longo de vinte e cinco anos de estrada no cenário cultural.

E nem sempre foram dias de glória. Foi preciso mostrar que tinha talento e determinação para seguir em frente. O resultado está aí, Murilo Rosa é um dos atores mais completos, transita entre a interpretação e a música com a maior desenvoltura e quem assistiu ao espetáculo “Entusiasmo” comprovou isso. Profissional muito ligado ao trabalho, para homenagear os seus vinte e cinco anos de carreira, o ator montou um espetáculo cantando algumas das trilhas sonoras que marcaram sua vida e os principais personagens que viveu no teatro, na televisão e no cinema. O resultado é que no palco, ele interpretou cerca de dezessete canções.

Artista versátil, Murilo explicou que as trilhas sonoras marcam os personagens e ajudam a mergulhar profundamente nas emoções humanas. Por isso, decidiu revivê-las e trazer à cena personagens que influenciaram pessoas. Personagens aos quais ele agradece pelo   aprendizado.

O nome do espetáculo foi tirado de uma frase escrita em um quadro que Murilo Rosa ganhou do pai: “Filhão, tudo que você fez na sua vida até hoje foi com muito entusiasmo, por isso que o sucesso está sempre ao seu lado”. E, de fato, Murilo sempre se achou uma pessoa entusiasmada, embora, na época, não atentasse para a diferença entre entusiasmo e otimismo.

E falando da novela “Orgulho e Paixão”, Murilo Rosa aparece na pele do “todo correto” Jorge. O folhetim caminha para seus momentos finais e os seguidores da história já pararam de torcer para que Jorge se entenda com Ema (Agatha Moreira) e agora querem é que ele se entenda de vez com Amélia (Letícia Persiles), com quem ele se casou movido pela compaixão. Enfim, como toda boa novela, todos querem que os pares românticos sejam “felizes para sempre”.

Publicidade
AllGo Locação de Impressoras

Murilo Araújo Rosa nasceu em 1970, no dia 21 de agosto, em Brasília, Distrito Federal. O pai, advogado e a mãe, professora. Não demorou muito para o menino perceber que nascera para os palcos. Mas, antes da decisão final, Murilo foi atleta e representou o Brasil na Copa do Mundo de Taekwondo, em Madri, em 1990.  Depois, ingressou na Faculdade de Educação Física, mas trocou o curso por Artes Cênicas, na Faculdade de Artes Dulcina de Moraes, em Brasília. No ano de 1992 mudou-se para o Rio de Janeiro e fez a opção definitiva pela carreira de ator. A estreia foi no palco, em 1993, na pela “O Diamante do Grão Mongol”, sob a batuta da diretora Maria Clara Machado.

O passo seguinte foi a televisão. A primeira novela foi na extinta TV Manchete, “74,5 – Uma Onda no Ar”; e logo depois foi para a Globo, na minissérie “Chiquinha Gonzaga”. E está na emissora até hoje.

Contando a partir de seu primeiro folhetim, Rosa atuou em mais 28 produções, contabilizadas entre novelas, especiais e telefilme. No palco foram 12 espetáculos e no cinema, dezessete filmes, inclusive interpretando personagens reais, como o maestro e músico Mozart Vieira, no longa “Orquestra dos Meninos”, em 2008.

A atuação do ator no cinema e no teatro seguiu paralela à sua trajetória na televisão durante os vinte e cinco anos de trabalho.

Dentre seus filmes, vale destacar “Vazio Coração”, produzido em 2013 sob a direção de Alberto Araújo, no qual Murilo Rosa viveu um cantor, Hugo Kari. Foi um sucesso de crítica, tanto que a Som Livre lançou um CD com as canções que o ator interpretou no filme. O destaque ficou por conta de uma cena na qual Murilo Rosa, na pele de seu personagem, se apresenta para um público real de 30 mil pessoas.

Na vida real, no ano de 2007, o ator casou-se com a top model brasileira Fernanda Tavares e o casal tem dois filhos, Lucas, com onze anos, e Artur, com seis anos.

Discreto e sempre “na dele”, Murilo Rosa procura manter-se longe dos holofotes. Apesar do talento e do sucesso, ele não se deixou seduzir pela fama e mantem-se bem conectado com o mundo real. Dificilmente é flagrado em baladas ou em festas, a não ser nas necessidades impostas pelo trabalho.

Grande pessoa e grande profissional, assim é Murilo Rosa.